Confirmados novos mutirões em Pará de Minas para combater focos do Aedes aegypti

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Até agora 98 pessoas morreram de Dengue em Minas Gerais. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde foram registrados 427.585 casos prováveis da doença e a situação continua de alerta máximo.

Pará de Minas também tem visto aumentar o número de casos a cada divulgação de novo boletim epidemiológico, até agora são 2.649 notificações cuja incidência pode chegar a 2.845 casos. Para tentar minimizar a situação, desde o final do ano passado a Secretaria Municipal de Saúde intensificou os mutirões de limpeza que além de recolher o que não é utilizado pela população, ajuda a conscientizar as pessoas.

No início apenas os bairros da cidade recebiam os agentes de combate a endemias para recolher os materiais inservíveis. Com o aumento no número de casos de Dengue no município e o pedido de moradores, os mutirões se estenderam também aos distritos e povoados para conscientizar todas as pessoas.

A população pode colocar os materiais inservíveis a partir das 8 da manhã na porta de casa que os agentes recolhem até 15 horas.

A programação para o mês de julho já foi definida pela Vigilância Sanitária. Nesta quinta-feira (4) e na sexta, 5 de julho, o mutirão acontece nos bairros Patafufo, Jardim Beatriz, Nossa Senhora Auxiliadora e Romualdo Pereira. Nos dias 11 e 12 no bairro Padre Libério, 18 e 19 no distrito de Tavares de Minas e nos dias 25 e 26 de julho na comunidade de Matinha.

Com a chegada do inverno a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde era de diminuição no número de notificações, o que infelizmente não aconteceu. Outro problema encontrado pelos agentes é o morador que se recusa a colocar os materiais pra fora de casa ou nem abre a residência para a visita do agente.

A média de residências visitadas que estão fechadas ou há a negativa do morador para o trabalho do agente é de 20% e isso, segundo o gerente de endemias Adailton Antônio Moreira, dificulta o trabalho da Secretaria e reflete em toda a população:


Adailton Antônio Moreira
adailtonantoniomutjulho1

Adailton lembra que o departamento continua multando quem não seguir as recomendações da Vigilância:

Adailton Antônio Moreira
adailtonantoniomutjulho2

O Portal GRNEWS recebeu reclamações de moradores sobre o mutirão anunciado para as comunidades de Ascensão, Bom Jesus do Pará e Chácaras Barro Preto, nos dias 26 e 27 de junho. Mas de acordo com reclamantes dessas comunidades o material que colocaram para fora não foi recolhido.

Questionado pela reportagem, Adailton Antônio Moreira explicou que houve problema mecânico no caminhão utilizado na coleta e os materiais não foram recolhidos. Segundo o gerente de endemias, os agentes foram para o distrito na segunda-feira (1º) e fizeram o trabalho.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!