Equipe de combate a Dengue faz mutirão no bairro Grão-Pará para eliminar focos do transmissor da doença

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Incidência alta. Assim está classificada a situação de Pará de Minas na Secretaria de Estado de Saúde (SES) em relação a casos suspeitos de Dengue.

Já são mais de 400 notificações nos três primeiros meses do ano e 11 pessoas foram confirmadas com a doença. Enquanto isso, em 2018, foram notificados 122 casos com 10 confirmações. Caso continue com esta elevação constante nos números, o município corre risco de uma epidemia.

Por isso, o poder público intensificou todo tipo de ação de prevenção e combate ao Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus.

Entre os trabalhos do Departamento de Vigilância em Saúde estão os mutirões de limpeza, intensificados no final do ano passado para ajudar a população a descartar corretamente materiais inservíveis que acumulam água.

É que muita gente não sabe como fazer este descarte corretamente e às vezes jogava em lotes vagos ou até mesmo deixava na porta de casa, o que pode ser um perigo.

Agora, toda quinta e sexta-feira, os caminhões e agentes de combate a endemias passam nos bairros pra fazer essa limpeza. Nesta quinta-feira (4) e sexta-feira, 5 de abril, as equipes estão no bairro Grão-Pará, que tem alta incidência de focos e casos notificados, recebe o mutirão.

O agente de combate a endemias, Rogério Francisco Marinho, explica como está sendo realizado o trabalho dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde neste momento em que Pará de Minas enfrenta um surto de Dengue:


Rogério Francisco Marinho
rogeriomarinhomultiroes

Os mutirões de limpeza continuam durante todo o mês de abril e a programação foi divulgada pelo setor de Combate a Endemias.

Nesta quinta (4) e sexta-feira (5) o bairro Grão-Pará.

Nos dias 11 e 12 de abril, os agentes estarão no Dom Bosco.

Como a sexta-feira, 19 de abril, é feriado. Nesta semana o mutirão acontecerá na terça-feira, 16, e quarta-feira, 17, no bairro Santos Dumont.

Outra região com grande incidência de focos do mosquito e também de casos suspeitos da doença é a dos bairros Prefeito Walter Martins Ferreira e Residencial Capanema. O mutirão volta nestes locais nos dias 24 e 25 de abril.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!