DEER-MG faz manutenção na rodovia atrás do Santos Dumont e trecho pode ser municipalizado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os problemas e reclamações relacionados a situação da rodovia BR 352, no trecho compreendido entre a BR 262 e o trevo de acesso ao bairro Padre Libério, com extensão de 11 quilômetros.

Além do mato alto que atrapalha a visão dos motoristas, os buracos contribuem para a ocorrência de acidentes com vítimas fatais e feridas, além de incalculáveis danos materiais aos proprietários de veículos.

Outro agravante é a pista ser simples. Por ali trafegam milhares de veículos diariamente e o perigo se torna maior por não ter acostamento.

Sem contar que não há um responsável direto pela rodovia. Procurado, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER) diz que a BR 352 não está mais sob sua responsabilidade, que devolveu ao Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT).

Já o DNIT alega que não tem conhecimento da situação. Um verdadeiro jogo de empurra-empurra onde os únicos prejudicados são os usuários da via.

Nesta semana o deputado federal Eduardo Barbosa (PSDB) esteve em Pará de Minas e foi informado da situação e cobrou providências da coordenação do DNIT que alegou que a responsabilidade da via é do DEER-MG, que por sua vez diz que não é com ele.

Mesmo assim a direção do DEER-MG em Pará de Minas já havia iniciado alguns procedimentos de limpeza do mato às margens da rodovia no lado do bairro Santos Dumont. Mas para concluir o serviço dos dois lados e realizar a operação tapa-buracos precisa de aporte financeiro. Por isso, enviou o orçamento em busca de verbas para à chefia do departamento em Belo Horizonte e aguarda a aprovação.

Nesta quinta-feira, 4 de abril, quem se manifestou sobre o assunto foi o prefeito Elias Diniz (PSD). Ele falou com a reportagem do Portal GRNEWS sobre início da manutenção que já está sendo realizada na rodovia pelo DEER-MG.

Disse ainda que o município fiscalizará essas obras para garantir que tudo esteja em perfeitas condições para o tráfego. Mesmo não sendo responsável pelo trecho, em janeiro o município gastou cerca de 27 toneladas de massa asfáltica e tapou os buracos da rodovia. Mas com as chuvas o trabalho e investimento de R$ 150 mil, praticamente se perderam.

Ainda segundo Elias Diniz, a prefeitura tem trabalhado com o intuito de municipalizar o trecho urbano da BR 352 em Pará de Minas:


Elias Diniz
eliasdiniz3521

Com os reparos realizados no inicio deste ano e agora, pouco mais de dois meses depois, os buracos terem reaparecido, muita gente questiona a qualidade dessa massa asfáltica. O prefeito acredita que nesses locais há problemas de infiltração que prejudicam o trabalho:

Elias Diniz
eliasdiniz3522

Enquanto a situação não é resolvida, fica o alerta para os motoristas. Cada um deve fazer sua parte e seguir as leis de trânsito para evitar acidentes, especialmente neste trecho da BR 352 que está esburacada e com vegetação alta.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!