Pará de Minas ainda não se adequou ao Minas Consciente e cidades da região também aguardam novas regras

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na semana passada o Governo de MG lançou o novo plano Minas Consciente. A mudança realizada foi feito após consulta pública e facilita o entendimento e a tomada de decisões dos prefeitos e também secretários municipais de saúde, conforme publicado pelo Portal GRNEWS.

O estado foi dividido em macro e microrregiões e estas deverão seguir as recomendações do governo que divulgará ainda nesta semana em qual onda cada município será enquadrado. Ficará a cargo da cidade decidir também se segue as regras impostas para a micro ou para a macrorregião.

Entre os indicadores para esta divisão estão a taxa de incidência de COVID-19, a positividade exames na rede pública, a ocupação e disponibilidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, e a variação da taxa de incidência.

O Minas Consciente foi dividido então em três ondas, e os municípios se adequam a uma delas.

Na Verde, além de estabelecimentos alimentícios, podem funcionar as áreas de construção civil, fundição, siderurgia e hotéis, por exemplo. Estes estão incluídos na Onda Verde. Já na Onda Branca, estão incluídos estes, além do comércio varejista, autoescolas e cursos de pilotagem.

Já na Onda Amarela podem funcionar o comércio varejista em geral, papelarias, lojas de artigos de vestuário, calçados e bijuterias, e salões de beleza.

Pará de Minas faz parte da macrorregião Oeste e caso o Governo de MG não faça novas adaptações ao plano, muita coisa deve mudar na cidade. Alguns estabelecimentos terão que fechar para se adequar ao Minas Consciente. Lembrando que a cidade só aderiu ao plano após receber uma intimação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), mas não cumpre as regras do plano, conforme diversas justificativas dadas pelo município.

Prefeitura de Papagaios/Divulgação

Papagaios
A cidade de Papagaios, distante 62 quilômetros de Pará de Minas, também aderiu ao Minas Consciente. Último boletim divulgado pelo Município mostra que cidade tem 726 casos notificados, 52 suspeitos e 252 descartados. A Secretaria Municipal de Saúde também divulgou que 307 pessoas cumpriram isolamento domiciliar de 14 dias.

Até agora Papagaios confirmou 115 casos de pacientes que contraíram a COVID-19, sendo que 103 já se recuperaram, um está hospitalizado e um óbito está confirmado. O prefeito Mário Reis Filgueiras (PSDB) agora aguarda posicionamento do governo estadual para saber como o Minas Consciente será adaptado na cidade.

Além de fazer a desinfecção de ruas e locais públicos na cidade, Papagaios também instalou barreiras sanitárias nas entradas da cidade. Além de monitorar e orientar quem chega, os profissionais aferem a temperatura e fazem a testagem rápida de quem está febril ou com outros sintomas do novo coronavírus.

Pitangui
Pitangui está distante de Pará de Minas 42 quilômetros e em junho foi notícia no Portal GRNEWS após uma explosão de casos confirmados de COVID-19.  À época, foi confirmado que 66 detentos e quatro servidores da Penitenciária da cidade haviam contraído a doença.

Último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde mostra que há 107 casos confirmados de COVID-19 e 450 notificações da doença. até agora são 315 casos suspeitos, sendo que 27 foram descartados.

O decreto municipal que estava em vigor na cidade foi prorrogado até o dia 6 de agosto quando o Minas Consciente passará a vigorar. Ao Portal GRNEWS o prefeito Marcílio Valadares (PSDB) também confirmou a adesão ao plano e espera cumprir todas as diretrizes impostas pelo Estado.

Onça de Pitangui
Já em Onça de Pitangui até agora são cinco casos confirmados e todos já recuperados segundo informação da Prefeitura. Um paciente com sintomas da doença é acompanhado em casa e 32 pessoas já testaram negativo para COVID-19.

A cidade não aderiu ao Minas Consciente já que, segundo o prefeito Geraldo Magela Barbosa (Avante), o atual decreto se assemelha muito ao plano estadual. O município continua com o comércio em geral fechado e com barreiras sanitárias em Onça de Pitangui e nos distritos de Capoeira Grande e Jaguara de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!