Vereador vive dia de extremos: tristeza da detenção e alegria da reeleição sendo o mais votado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

marcmag_camp
Na tarde deste domingo (02) a Polícia Militar recebeu a denúncia anônima indicando que o vereador e candidato a reeleição em Pará de Minas Marcílio Magela de Souza (PMDB), juntamente com Silvimar Nunes de Oliveira que é um de seus aliados, estaria fazendo campanha eleitoral irregular na porta de Escola Estadual Fernando Otávio, maior colégio eleitoral da cidade.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

As denúncias diziam que o candidato que foi reeleito com 1.266 votos fazia boca de urna. Um dos denunciantes alegou que Marcílio Magela de Souza abordava as pessoas e em um dos casos teria anotado seu número de candidatura na mão de uma senhora.

Após ser abordado por uma equipe de policiais militares o vereador negou ter pedido voto. Afirmou que teria apenas passado o seu número de telefone para uma eleitora:

Marcílio Magela de Souza
marcmag_camp1

Durante a abordagem a Polícia Militar também encontrou material de campanha no carro em que eles estavam que pertence ao médico ortopedista Silvimar Nunes de Oliveira, como explica o vereador:

Marcílio Magela de Souza
marcmag_camp2

O vereador disse que não estava no local para fazer campanha e que nem estava votando, mas teria passado no local apenas para comprar um picolé, momento em que foi abordado pela mulher pedindo um atendimento:

Marcílio Magela de Souza
marcmag_camp3

Tanto o vereador, quanto o ortopedista foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil em Pará de Minas, onde foram ouvidos pelo delegado de plantão César Augusto de Faria Freitas, que realizou a oitiva também com testemunhas que estavam no local do acontecimento:

César Augusto de Faria Freitas
csrfrts_camp1

Marcílio Magela de Souza viveu um domingo de dois extremos. A tristeza pela detenção e encaminhamento para a delegacia por suspeita de boca de urna e a alegria de ter sido o vereador mais votado de Pará de Minas pela terceira vez seguida, obtendo neste domingo (2), 1.266 votos.

Para ele foi uma vitória importante e novamente com um número expressivo de votos, mas lamenta ter recebido um número menor do que na eleição passada, quando obteve nas urnas 1.920 votos:

Marcílio Magela de Souza
marcmag_camp4

O processo envolvendo a suspeita de boca de urna será encaminhado para a Justiça Eleitoral que vai analisar o caso e realizar a audiência na próxima quarta feira (05).

Veja mais:

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!