MUSPAM abre a exposição “Relíquias Religiosas da antiga matriz de Nossa Senhora da Piedade”

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O Museu Histórico de Pará de Minas (MUSPAM) abriu na tarde desta quinta-feira, 2 de agosto, a exposição “Relíquias Religiosas da antiga matriz Nossa Senhora da Piedade”.


Professores e alunos de algumas escolas do município participaram da solenidade. Na oportunidade foram apresentadas algumas informações importantes sobre a história patafufa.


A mostra foi organizada visando comemorar a volta de uma imagem do Divino Espírito Santo que fazia parte do acervo da antiga matriz de Nossa Senhora da Piedade, que foi demolida.


O prédio estava onde atualmente fica a praça Padre José Pereira Coelho e foi um grande marco na história religiosa dos paraminenses. A edificação é lembrada pela arquitetura barroca e belas pinturas.


No dia 28 de abril deste ano a imagem sacra retornou para o município depois de muitos anos. Ela estava na matriz do Divino Espírito Santo, em Divinópolis, desde a década de 1990 do século passado, e na época tinha sido encaminhada pelo cônego Gabriel Hugo da Costa Bittencourt.

Ana Maria Campos, gerente do MUSPAM, revela que foi preciso fazer uma solicitação junto a Diocese de Divinópolis para que a peça retornasse para Pará de Minas. Houve um trabalho em equipe para que a obra voltasse para o patrimônio do município:


Ana Maria Campos
exporeliquiassanamariacampos

Paulo Duarte, secretário municipal de Cultura, Comunicação Institucional, Esporte, Lazer e Turismo, destaca a importância da população a primeira obra sacra produzida por um escravo em Pará de Minas:


Paulo Duarte
exporeliquiaspauloduarte


Além da imagem do Divino Espírito Santo, outros objetos, fotos, imagens e filmes estão à disposição dos visitantes no MUSPAM. A exposição ficará aberta até o dia 30 de agosto. Outras informações pelo telefone: (37) 3231-7790.


Após o encerramento da exposição a obra será encaminhada para um espaço reservado no Santuário de Nossa Senhora da Piedade. Antes, ela será restaurada pelo artista Carlos Magno, na cidade de São João Del Rey.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE