Decreto regulamenta normas de atendimento bancário e Procon de Pará de Minas promete fiscalizar

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Desde o ano de 2001 existe em Pará de Minas uma lei municipal que exige o atendimento dos clientes bancários em um prazo de 15 minutos. Na prática, essa exigência praticamente não é cumprida pelos bancos.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

São cada vez mais comuns as longas filas de espera e a demora no atendimento. Esse é o caso das agências que efetuam o pagamento de programas sociais e direitos trabalhistas.

Agora, o município publicou um decreto regulamentando as normas que devem ser cumpridas pelas instituições financeiras. Todas as agências de Pará de Minas foram notificadas sobre o cumprimento da legislação.

O Procon Municipal está sendo reorganizado e agora foi integrado ao Sistema Nacional do Consumidor (SINDEC). O objetivo é melhorar os atendimentos aos paraminenses que enfrentam problemas nas relações comerciais.

De acordo com Júlio César de Oliveira, procurador Geral do Município, os clientes devem pegar a senha constando o horário da entrada na agência e se possível arrolar testemunhas para que as providências sejam tomadas nos casos de descumprimento da norma legal:

Júlio César de Oliveira
juliocesar_bancos1

Ele informa que primeiramente está sendo desenvolvido o trabalho educativo junto às agências que funcionam em Pará de Minas. No segundo momento será realizada uma fiscalização rigorosa exigindo o atendimento dentro prazo:

Júlio César de Oliveira
juliocesar_bancos2

Por outro lado, alguns bancos alegam atraso no atendimento aos clientes devido ao aumento da demanda. Todos os estabelecimentos foram notificados e alertados sobre as exigências legais e terão um prazo para defesa.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!