Falta de combustível impede COOPARÁ de buscar leite nas fazendas e vender seus produtos em BH

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Os produtores rurais estão contabilizando os prejuízos desde que foi deflagrada a paralisação dos caminhoneiros em todo o país. Como a produção é escoada por caminhões, a situação é dramática para o homem do campo.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Na região de Pará de Minas o agronegócio representa o maior pilar da economia. São várias propriedades que trabalham com a produção de gado, aves, suínos, leite e algumas hortaliças.

O movimento está perdendo força nos últimos dias e os caminhoneiros também sentem o desgaste. Grande parte dos trabalhadores está na estrada e a expectativa é de que tudo seja normalizado o mais breve possível.

Alguns grupos infiltrados estão lutando pela continuidade da manifestação. O governo federal já anunciou algumas medidas que estavam na pauta de reivindicações da categoria e deu o assunto por encerrado.


As forças de segurança foram acionadas para manter a ordem e desobstruir as estradas. Em algumas regiões houve confrontos e os manifestantes foram retirados da pista de rolamento.

Os supermercados já estão com desabastecimento de frutas, legumes, verduras, carnes e outros gêneros alimentícios. Produtos que estavam nos veículos estacionados nas estradas foram perdidos.

De acordo com Ronaldo Pires, diretor-financeiro da Cooperativa Mista Regional Agroindustrial dos Produtores Rurais de para de Minas (COOPARÁ), a crise que já estava instalada se agravou ainda mais com as manifestações nas rodovias. A produção continua, mas os produtos não estão chegando às prateleiras:


Ronaldo Pires
crisecoopararonaldopires1

Sem o óleo diesel a COOPARÀ fica impossibilitada de buscar o leite nas fazendas de Pará de Minas. O impacto nas receitas é muito grande e caso o abastecimento não seja retomado a situação será agravada:

Ronaldo Pires
crisecoopararonaldopires2

A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão escoltando alguns veículos de carga nas estradas. São formados comboios de carretas e caminhões de combustíveis, alimentos, gás de cozinha, entre outros.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE