Eleições 2020: saiba mais sobre os 7 candidatos que disputam a prefeitura de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Começou nesta semana a campanha para as eleições 2020 em todo o país. No dia 15 de novembro os brasileiros escolherão os próximos prefeitos e vereadores para exercerem o mandato entre os anos de 2021 e 2024.

O Portal GRNEWS já adiantou quanto cada candidato poderá gastar em suas campanhas. Em Pará de Minas o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) limitou em R$ 406.789,92 o gasto dos prefeitos e R$ 16.871,55 dos candidatos a vereador.

A corrida para conquistar os eleitores começou no domingo (27) quando o TSE liberou a campanha, porém os candidatos devem tomar alguns cuidados com o que pode e o que não pode durante este período eleitoral.

Em Pará de Minas sete chapas foram cadastradas e vão concorrer às eleições municipais.

Antônio Júlio de Faria
Antônio Júlio de Faria tem 70 anos, é viúvo, advogado e concorre pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), coligado com os partidos PSL, PTB, PMN e PODEMOS. Ao TSE ele declarou ter R$2.815.162,77 em bens. Seu vice é Geovane Cardoso Correia, o Geovane do Carioca do Partido Social Liberal (PSL). O empresário tem 46 anos, casado e tem ensino fundamental completo. Declarou R$ R$1.178.558,43 ao TSE. A chapa concorre com o número 15.

Antônio Carlos Vieira
Antônio Carlos Vieira é mais conhecido como Carlin Lula, tem 56 anos, é separado e servidor público estadual. Concorre pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e coligou com o PP e o PDT. Declarou ao TSE ter R$222.934,32 em bens. O vice na chapa é Daniel Chaid de Araújo, também do PT. É casado, tem ensino fundamental incompleto, 50 anos e declarou ao TSE R$10.000,00 em bens. O número da chapa é o 13.

Paulo César Ferreira dos Santos
Paulo César Ferreira dos Santos, o Dr. Paulo César, também é candidato a prefeito de Pará de Minas. O médico de 44 anos é casado e do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Está coligado com o Cidadania, tendo declarado R$540.900,00 em bens. Seu vice é Geovane Martins do Cidadania. O aposentado de 53 anos tem curso superior completo e declarou R$838.250,00 ao TSE em bens. O número da chapa é 40.

Elias Diniz
Elias Diniz do Partido Social Democrático (PSD). O professor e instrutor de formação profissional é casado, tem 52 anos e não fez coligações para esta eleição. Declarou ao TSE ter R$655.091,34 em bens. O vice é Paulo Francisdale Ribeiro Santos, Paulo do Esporte, também do PSD. O empresário é casado, tem curso superior completo, 41 anos e declarou R$106.199,93 ao TSE. O número da chapa é o 55.

Geraldo Magela de Almeida
Geraldo Magela de Almeida, o Geraldinho Cuica, é do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). O empresário tem curso superior completo, 51 anos, é casado e declarou R$274.565,39 em bens. O vice é Alexandre Pinto Coelho Keuffer Mendonça de 30 anos. O advogado também é do PSDB e declarou R$107.434,79 em bens. O número da chapa é o 45.

Marcone Eustáquio Valadares
Marcone Eustáquio Valadares, o Marcone da AABB, tem 66 anos, é casado e do Partido Verde (PV). O bancário e economiário se coligou ao PL e declarou R$ 2.236.152,78 em bens. Seu vice é Marcos Aurélio dos Santos de 58 anos, também do PV. O professor de ensino médio é casado e declarou R$351.500,00 em bens. O número da chapa é 43.

Sérgio Eustáquio Marzagão
Sérgio Eustáquio Marzagão, o Marzagão, do Republicanos. O empresário de 46 anos tem ensino fundamental incompleto e é solteiro. Declarou ao TSE R$119.700,00 em bens. Seu vice é Washington de Paula Pimentel também do Republicanos. É corretor de imóveis, seguros, títulos e valores, tem 63 anos, ensino médio completo e viúvo. Ao TSE declarou R$42.950,00 em bens. O número da chapa é 10.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!