Pará de Minas prorroga decreto municipal sobre flexibilizações no comércio e não segue Minas Consciente

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Na semana passada durante reunião online do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde da COVID-19, os representantes de vários segmentos da sociedade paraminense foram informados que Pará de Minas aderiu ao Minas Consciente, mas que apesar de dizer que cumpriu ordem judicial, o município não cumpriria o plano estadual que permite o funcionamento só de serviços essenciais. De lá para cá os casos confirmados e suspeitos de COVID-19 aumentaram consideravelmente em Pará de Minas. De ontem (27) para hoje houve aumento de 20% nos testes positivos para COVID-19 elevando o número total de 137 para 164 em um período de 24 horas, conforme publicado pelo Portal GRNEWS.

O plano foi proposto pelo governo estadual visando dividir o estado por regiões e assim criou as chamadas ondas. A Verde mantém aberto apenas o serviço essencial, a Branca é a primeira fase de abertura, a Amarela a segunda e a Vermelha a terceira fase a ser liberada para funcionamento de forma progressiva.

Diante disso, como Pará de Minas está situada na Onda Verde, apenas os serviços essenciais deveriam funcionar caso o Município não só aderisse, como também se adequasse ao plano estadual. O que ainda não foi feito. A ordem judicial não foi cumprida na íntegra.

É que o Município aguarda um posicionamento do Governo de MG que garantiu que até esta terça-feira, 28 de julho, divulgaria algumas alterações no plano após consultar a população em geral.

Com isso, em tese, Pará de Minas passaria a seguir o Minas Consciente a partir de quarta, 29 de julho.

Mas como nesta quarta-feira, 29 de julho, o governador Romeu Zema (Novo) anunciará possíveis mudanças no plano,, e por isso o Município publicou novo decreto no fim da tarde desta terça-feira, 28 de julho.

O Decreto Municipal nº 11.196 prorroga o anterior, de número 11.178/2020, até 31 de julho, próxima sexta-feira. Até lá a expectativa é que o Governo de MG já tenha publicado o novo Minas Consciente, como explica o procurador-geral do Município Hernando Fernandes da Silva:

Reprodução/Ascom da Prefeitura de Pará de Minas

Hernando Fernandes da Silva
hernferndecr11196

O governo estadual ainda não sinalizou sobre possíveis mudanças ou não do novo Minas Consciente a ser anunciado nesta quarta (29). As modificações estão sendo aguardadas por Pará de Minas, mas não é certo que elas ocorram.

Portanto, até sexta-feira (31), o comércio em geral, academias, salões de beleza, barbearias, igrejas e bares podem continuar abertos desde que respeitem as medidas impostas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!