Sindicalista reivindica vale-alimentação e reajuste salarial de 7% para servidores da Prefeitura de Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Município (SITRASERP), Tânia Valeriano Chaves Leite, se reuniu com o prefeito Elias Diniz (PSD) nesta quarta-feira, 28 de fevereiro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Durante o encontro a sindicalista apresentou algumas propostas que visam valorizar os servidores públicos municipais. Mesmo com a correção de 3% aprovada pela Câmara Municipal na terça (27), durante reunião extraordinária, foi solicitado outro reajuste de mais 4% no meio do ano, totalizando um aumento de 7% em 2018.

Também reivindicou a elaboração de documentos que estão previstos nas Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e que protegem a segurança e a saúde do trabalhador.

Entre esses estão o Laudo Técnico das Condições do Ambiente de Trabalho (LTCAT); Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA); Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

Em pauta o pagamento de salários para babás escolares e monitoras equivalentes aos cargos de professor auxiliar de Educação Básica, pois essas profissionais exercem a mesma função na rede municipal de ensino.

Ainda foi tratado sobre o pagamento adequado de horas extras e dos proventos dos professores auxiliares de Educação Básica não inferiores ao piso salarial da categoria que está previsto em lei federal.

De acordo com Tânia Valeriano Chaves Leite, presidente do SITRASERP, confirma que durante a reunião com o prefeito Elias Diniz foi apresentada proposta de 7% de reajuste salarial para todos os servidores até o meio do ano:


Tânia Valeriano Chaves Leite
reajusteservidores2018taniavaleriano1

Apresentou ainda uma revisão das regras para concessão do vale-transporte aos servidores da prefeitura. Existe uma norma que acaba prejudicando na progressão de carreira do funcionário público:

Tânia Valeriano Chaves Leite
reajusteservidores2018taniavaleriano2

Também foi apresentada a criação de vale-alimentação para a administração. Esse benefício não teria grande impacto nos custos que envolvem a folha de pagamento do funcionalismo:

Tânia Valeriano Chaves Leite
reajusteservidores2018taniavaleriano3

A sindicalista falou ainda com o chefe do Poder Executivo sobre a defasagem de 38% do salário dos servidores da área da educação em relação ao piso salarial registrado nos últimos anos:

Tânia Valeriano Chaves Leite
reajusteservidores2018taniavaleriano4

Por último o SITRASERP pediu para que o prefeito trabalhe na formação de uma comissão na prefeitura para analisar todas as propostas e verificar a disponibilidade financeira para atendê-las ou não.

Após a reunião da Câmara Municipal de Pará de Minas em que foi aprovado o reajuste de 3% para os servidores públicos municipais, retroativo a janeiro de 2018, que eles começaram a receber nesta quarta (28), o prefeito Elias Diniz disse que gostaria de valorizar mais o funcionalismo público municipal. Porém, diante da crise que o Brasil atravessa e os atrasos nos repasses por parte do governo de MG inviabilizaram neste momento uma correção salarial maior para a categoria.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!