Black Friday: comércio paraminense está preparado e com expectativa de recorde de vendas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As lojas de Pará de Minas estão decoradas com balões pretos e amarelos e cartazes com o inscrito Black Friday. A “sexta-feira negra”, que surgiu nos Estados Unidos, foi copiada em vários países e na última sexta-feira de novembro o dia inteiro é de descontos generosos no varejo.

Muita gente inclusive espera esta data para comprar algum produto mais caro ou o chamado “sonho de consumo”. Mesmo com alguns lojistas que utilizam a promoção para enganar clientes, há as lojas que realmente dão descontos e o consumidor pode aproveitar para fazer até mesmo as compras de natal.

É isso que espera a vendedora Cláudia Rocha. Trabalhando em uma loja especializada em eletroeletrônicos e móveis, a expectativa é de aumentar as vendas na próxima sexta-feira e bater a meta do mês:

Cláudia Rocha
claudiarochablack1


Na loja em que ela trabalha os descontos dependem do produto a ser comprado. A vendedora espera que os consumidores adiantem as compras de natal:

Cláudia Rocha
claudiarochablack2

Gisele Anjos de Oliveira também é vendedora e está ansiosa para vender muitos pares de calçados na Black Friday. Na loja o desconto já foi programado: 60% em qualquer produto. O estoque foi renovado e até as linhas primavera e verão entraram na promoção:

Gisele Anjos de Oliveira
giseleanjosblack1

No Brasil, a Black Friday teve início em 2010 e desde então os consumidores reclamam que a promoção não passa de uma “black fraude”. Por isso é preciso atenção e cuidado. Pesquisar é o melhor caminho e estar atento, caso a compra seja feita online, aos dados do fornecedor.

Para ajudar, o Portal GRNEWS recentemente deu dicas importantes para os consumidores.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!