Inadimplência com o IPTU 2016 em Pará de Minas ser maior em relação ao ano passado

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

iptu2014
Este ano a arrecadação da União, Estados e Municípios vem sofrendo uma grande queda devido à crise financeira do país. O fechamento de empresas e a estagnação nos negócios afeta drasticamente o recolhimento de impostos. Somente no mês de setembro de 2016 a queda na arrecadação de impostos foi de 8,37%.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Uma das maiores fontes de renda das prefeituras é o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). O tributo é cobrado de todos os proprietários de imóveis todos os anos e reforça o caixa do poder público municipal.

A expectativa da Prefeitura de Pará de Minas era arrecadar aproximadamente R$ 15 milhões com o IPTU 2016. Até o momento, o município arrecadou R$ 5.644.000,00 somente com a cobrança do IPTU. Se somadas as taxas de iluminação pública e limpeza urbana, este montante sobe para R$ 12 milhões, o que equivale a 81% do valor total lançado.

De acordo com José Leonardo Martins Pinto, secretário municipal de Gestão Fazendária, a inadimplência em relação ao imposto geralmente chega a 14%. Porém, ele acredita que este ano o índice poderá ser um pouco maior:

José Leonardo Martins Pinto
josleonrd_iptu1

josleonrd_iptu
Sobre o recolhimento do IPTU complementar, foram lançadas guias no valor de R$ 115 mil, mas foram arrecadados somente R$ 49 mil até agora. Esses valores são referentes, principalmente, ao levantamento realizado durante o georreferenciamento.

Na ocasião foi constatado que muitos imóveis na cidade haviam sofrido modificações que não haviam sido registradas na prefeitura, gerando um déficit fiscal. Isso foi corrigido e por isso foi adotado o imposto complementar:

José Leonardo Martins Pinto
josleonrd_iptu2

Sobre a possibilidade do IPTU complementar continuar sendo cobrado em 2017, o secretário deixa claro que tudo dependerá da política a ser adotada pela próxima administração do município:

José Leonardo Martins Pinto
josleonrd_iptu3

Além do IPTU, as prefeituras recebem repasses dos governos federal e estadual. Outra fonte de renda é parte do IPVA que é repassada para os municípios onde os veículos são licenciados.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!