Turi reduz número de ônibus circulando em Pará de Minas devido ao COVID-19 e intensifica limpeza dos veículos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Após a publicação do Decreto Municipal nº 11.045/2020 que suspendeu o funcionamento de alguns setores em Pará de Minas, a Turi, concessionária responsável pelo transporte coletivo urbano no município, também teve que se adequar.

Dos 26 ônibus que trafegam em Pará de Minas diariamente, apenas nove estão circulando atualmente. É que com a diminuição de usuários, em sua maioria trabalhadores do comércio e na prestação de serviços e quem realizava deslocamentos para resolver questões profissionais e pessoais, o objetivo agora é evitar aglomerações.

Ao Portal GRNEWS, o gerente da Turi em Pará de Minas, Djalma Rocha Júnior, explica quais medidas têm sido tomadas pela empresa desde a divulgação dos primeiros casos suspeitos do COVID-19 na cidade.

Além da assepsia dos ônibus, feita diariamente à noite com intensificação da limpeza, há um cuidado especial com os trabalhadores, especialmente os que manuseiam dinheiro:

Djalma Rocha Júnior
djalmarochaturcoron1


A diminuição do número de linhas se fez necessária devido ao número de usuários que também diminuiu consideravelmente. Mesmo assim, segundo Djalma Rocha, há pelo menos uma linha em cada bairro circulando, para que todos tenham acesso aos serviços básicos:

Djalma Rocha Júnior
djalmarochaturcoron2

A questão financeira também é um dos motivos pela diminuição das linhas. De acordo com o gerente da Turi, a receita da empresa também caiu consideravelmente nos últimos dias:

Djalma Rocha Júnior
djalmarochaturcoron3

Dentro dos ônibus a lotação máxima é de pessoas sentadas. Durante a pandemia não trafegarão pessoas em pé dentro dos coletivos:

Djalma Rocha Júnior
djalmarochaturcoron4

O Portal GRNEWS também questionou ao gerente da Turi de Pará de Minas uma postagem feita nas redes sociais onde convidava as pessoas a passearem nos ônibus da empresa. Ele explicou que o banner foi postado pela Turi de Sete Lagoas e nada tem a ver com a situação vivida em Pará de Minas. Importante ressaltar que o grupo proprietário da Turi também atua no transporte coletivo em Sete Lagoas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!