Em caráter emergencial, prefeitura de Pará de Minas investe R$ 272 mil na compra de álcool em gel e máscaras

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A prefeitura de Pará de Minas publicou desde segunda-feira, 16 de março, oito decretos de enfrentamento ao surto do novo coronavírus (COVID-19). Eles restringem eventos públicos e privados a no máximo dez pessoas, suspende aulas nas redes municipal, estadual e particular, suspende o funcionamento de certos estabelecimentos comerciais de abrir as portas, dá orientações sobre atendimento em órgãos públicos, entre outras ações.

Além disso, decretou Situação de Emergência em Saúde Pública devido ao COVID-19. Com esta medida, o Município não precisa mais licitar para adquirir bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento.

O Portal GRNEWS apurou que após solicitar orçamentos, a prefeitura já fez as primeiras compras para o setor da saúde. A primeira delas foi no valor de R$ 229.050,00 de álcool gel e máscaras cirúrgicas tripla, em caráter emergencial. A empresa deverá entregar imediatamente os produtos adquiridos pelo Município.

De outra empresa, o Município comprou R$ 3.400,00 em máscaras respiratórias com e sem válvula. A entrega também deve ser feita imediatamente, devido a necessidade dos equipamentos.

Em outro contrato, o Município também adquiriu máscaras respiratórias com válvulas no valor de R$ 40 mil, novamente em caráter emergencial.

Questionada pelo Portal GRNEWS, a prefeitura informou por meio de sua assessoria de comunicação que a demanda partiu das secretarias municipais de Gestão Pública, Educação e Saúde. As máscaras são para a unidade sentinela de enfrentamento ao COVID-19 que funcionará na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que atenderá possíveis casos da doença, e o álcool em gel, além de colocar unidades nos órgãos municipais, também será distribuído para uso dos servidores da prefeitura de Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!