ANAC revela que piloto de aeronave experimental que caiu em Pará de Minas estava com habilitação suspensa

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Na tarde de segunda-feira, 24 de julho, foi registrada a queda de uma aeronave experimental no Aeroporto Municipal Arnaud Marinho, localizado na rua Salinas, bairro Santos Dumont, em Pará de Minas.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O piloto realizava o procedimento de pouso e atingiu um poste com a asa direita. Em seguida o avião atingiu o telhado de uma residência, perdeu parte da cauda e caiu na cabeceira da pista.

Veja também
Avião experimental cai na cabeceira da pista do aeroporto de Pará de Minas. Assista o momento da queda

A aeronave estava sendo pilotada pelo subtenente reformado da Polícia Militar, André Barbosa Silva, de 72 anos. Informações da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) confirmam que a habilitação do piloto estava suspensa desde o ano de 2010.

A medida foi tomada pelas autoridades em segurança aérea porque ele havia sofrido outro acidente com o mesmo avião experimental em Divinópolis, em 2010. A ANAC informou que após um acidente aéreo a habilitação do piloto é suspensa por um período de 180 dias.

Dentro deste processo o piloto deve apresentar alguns documentos e se submeter a exames médicos. De acordo com o órgão, a operação está parada e a habilitação suspensa porque o piloto não cumpriu o protocolo estabelecido.

De acordo com o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) o Certificado de Aeronavegabilidade já venceu no dia 31 de março de 2005. O registro do avião não consta no nome do piloto e teria sido comprado em 26 de julho de 2000.

Por se tratar de uma aeronave experimental, o sinistro não será alvo de investigação da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave tinha o prefixo PP-XCF.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!