Furtos constantes deixam Centro de Controle de Zoonoses sem ferramentas e materiais de trabalho

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

centro_controle_zoonoses_ccz
Recentemente o Centro de Controle de Zoonoses São Francisco de Assis (CCZ), localizado no bairro João Paulo II, em Pará de Minas, deixou de atender a população durante as manhãs de sábado. O motivo da mudança seria o corte de gastos e o período de transição do atual governo municipal. Esse serviço funcionou uns dias antes das eleições municipais e assim que passou o período eleitoral, o serviço foi encerrado novamente.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Para piorar ainda mais a situação, há alguns dias pessoas invadiram o local para furtar. A situação se complicou mais quando os servidores públicos municipais que trabalham no CCZ chegaram na manhã desta segunda-feira (24) para trabalhar e encontraram o local arrombado mais uma vez.

Foram constatados furtos de ferramentas e diversos materiais utilizados em dedetização, exames de cães e gatos, vacinação, entre outros. Os arrombadores teriam invadido aquele órgão público durante o fim de semana.

Os furtos têm sido constantes e a situação vem ficando cada vez mais crítica. Os ladrões chegam ao ponto de levar ração dos animais, fiação elétrica, lâmpadas e até protetor solar dos agentes de endemias.

Um desconhecido subiu em um poste dentro do CCZ para furtar a fiação elétrica. Tamanha ousadia, os criminosos retiraram cabos que estavam em uma tubulação subterrânea, provocando grandes transtornos à instituição.

O médico-veterinário Henrique Lopes Flores Souza confirma número constante de furtos no CCZ. Ele revela que nem mesmo o reforço de janelas e portas está contendo a ação dos criminosos:

Henrique Lopes Flores Souza
henrflr_frtsccz1

henriflrs_lira
Ele aproveita a oportunidade para pedir aos moradores do bairro João Paulo II para denunciarem os indivíduos que estão invadindo o CCZ. Se essa situação persistir, o trabalho poderá ser paralisado definitivamente:

Henrique Lopes Flores Souza
henrflr_frtsccz2

O profissional explica que desde o ano de 2014 ocorrem furtos no CCZ. Henrique Lopes Flores Souza fez um desabafo e disse que em 2016 os marginais estão intensificando os arrombamentos e as invasões:

Henrique Lopes Flores Souza
henrflr_frtsccz3

A Polícia Militar de Pará de Minas sempre atende aos chamados do CCZ e registra os boletins de ocorrência. Porém, nenhum suspeito de participar dos crimes foi preso até o momento.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!