Paraminenses doam água e alimentos para ajudar a paralisação dos caminhoneiros

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A paralisação dos caminhoneiros pelas rodovias brasileiras continua e o desabastecimento do comércio, da indústria e na prestação de serviços vem provocando efeitos já esperados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter


Os ministros do governo Michel Temer (MDB-SP) se reuniram com representantes do movimento e não houve acordo. O governo federal subestimou os estragos provocados pelas manifestações em todo o Brasil. Na tarde desta quinta-feira, 24 de maio, conversaram novamente e o governo repetiu a fala do presidente Michel Temer pedindo trégua.


Os aeroportos estão desabastecidos de querosene para os aviões e a situação se agrava a cada dia. O setor de transporte de cargas foi muito sacrificado nos últimos anos com o alto preço do óleo diesel e a desvalorização do frete.


Como o país anda sobre quadro rodas, a greve dos caminhoneiros mostra a força da categoria. Produtores rurais também sinalizam apoio devido ao alto preço de insumos que praticamente engolem os lucros.


A população continua apoiando os manifestos com doações de comida e água nos pontos de parada dos caminhoneiros. Em Pará de Minas a população está fazendo doações para ajudar na mobilização.

De acordo com Marcos Campolina, coordenador da equipe socorristas voluntários Anjos do Asfalto, que está coletando os donativos, o objetivo é ajudar os caminhoneiros que estão nas estradas se sacrificando por uma causa que afeta a todos os cidadãos:


Marcos Campolina
doacoesmarcoscampolina

O motorista de carreta Joventino da Silva estava apoiando a logística de entrega das doações nos pontos de parada dos manifestantes. Ele conta que já ficou nas rodovias em outras paralisações e por isso todo apoio é bem-vindo:


Joventino da Silva
doacoesjoventinodasilva

O vendedor Gerson José de Oliveira parabenizou a todos os voluntários que estão levando mantimentos e água para os caminhoneiros nas rodovias da região. Essa união certamente trará bons resultados nesta luta:


Gerson José de Oliveira
doacoesgersonjose

Os postos de combustíveis de todo o Brasil estão praticamente sem álcool, gasolina e óleo diesel para vender. A situação poderá ficar dramática se a greve dos caminhoneiros persistir por mais alguns dias.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!