Polícia Civil recomenda que carteira de identidade seja atualizada a cada cinco anos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Um dos documentos mais utilizados durante a vida de qualquer cidadão, sem dúvidas, é a carteira de identidade. Durante a realização de vários atos o documento é exigido por pessoas, órgãos públicos e privados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O Decreto 6.289/2007 estabeleceu o Registro Geral (RG) como um dos documentos civis básicos, e alvo do Compromisso Nacional pela Erradicação do Sub-registro Civil de Nascimento e Ampliação do Acesso à Documentação Básica.

Por meio da Lei n° 12.687/12, a primeira via do documento passou a ser gratuita em todos os estados do país. Em Minas Gerais a emissão é de responsabilidade da Polícia Civil.

Como o RG é muito utilizado por toda a população, uma orientação importante é mantê-lo com os dados e a foto atualizados. Desta forma fica mais fácil a identificação do titular e evitar transtornos.

De acordo com Carlos Henrique Gomes Bueno, delegado titular da Delegacia Regional de Polícia Civil em Pará de Minas, a sugestão é que o documento seja atualizado a cada cinco anos:


Carlos Henrique Gomes Bueno
rgcarloshenriquegomesbueno1

Ele ressalta que não existe uma punição para aqueles que não atualizam a carteira de identidade periodicamente. O que pode acontecer é algum transtorno caso as informações do documento estejam desatualizadas:

Carlos Henrique Gomes Bueno
rgcarloshenriquegomesbueno2

Para tirar a segunda via do documento de identidade em Pará de Minas, o cidadão deve procurar o posto de atendimento localizado no Centro de Serviços Urbanos (CENSU), na praça Torquato de Almeida, 100, Centro, portando certidão de nascimento ou de casamento original, duas fotos 3×4 e pagar a taxa de R$ 32,51. Saiba mais acessando AQUI.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!