Donos de bares descumprem regras e são multados; fiscalização continua atuando em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

No dia 11 de junho os proprietários de bares em Pará de Minas respiraram mais aliviados, pois mesmo com números crescentes de COVID-19, a Prefeitura flexibilizou o funcionamento. Mas foram necessários poucos dias para que alguns não respeitassem o decreto em vigência na época e colocasse tudo a perder. Houve denúncias, inclusive com vídeos e fotos nas redes sociais, de locais com grande aglomeração de pessoas, assistindo shows e curtindo as noites paraminenses. Com isso o Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde da Covid-19 de Pará de Minas se reuniu e recuou na flexibilização, voltando a fechar todos estes estabelecimentos.

Os dias foram passando e muitas reclamações, especialmente dos proprietários de bares que seguiram todas as recomendações e obedeceram ao decreto. Diante da situação novamente o Comitê se reuniu e decidiu pelo retorno no funcionamento dos bares no início de julho.

Desde a retomada das atividades dos bares, fiscais da Prefeitura e militares da 19ª Companhia Independente de Polícia Militar visitam os estabelecimentos e averiguam se todos estão cumpridos as normas. A fiscalização é realizada por três servidores municipais e dois militares.

No último fim de semana 18 estabelecimentos foram visitados. Destes, 10 multados e oito notificados, sendo a maioria por superlotação e falta de distanciamento entre as mesas.

De acordo com o ouvidor municipal Miguel Marinho, as fiscalizações continuam com intuito de preservar a saúde da população:

Miguel Marinho
miguelmarfiscalizbar1

Já outros bares foram notificados e até mesmo multados por funcionarem fora do horário permitido no decreto. Nesta sexta-feira, 24 de julho, a fiscalização recomeça e quem flagrar algum estabelecimento em desacordo com o decreto pode denunciar:

Miguel Marinho
miguelmarfiscalizbar2

Os bares estão autorizados a funcionar de sexta-feira a domingo, de 17h30 às 23h30. É preciso ficar atento à restrição ao número de clientes que não pode superar 40% da capacidade máxima de ocupação; distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas; demarcação no piso de distanciamento de dois metros entre as pessoas quando em procedimento de pagamento; desativação de parquinhos infantis, brinquedos e espaços kids; exigência de máscara de proteção fácil e luvas aos funcionários; exigência de máscaras de proteção fácil para os clientes, que só poderão tirar quando forem consumir alimentos e bebidas; disponibilização de álcool gel 70% para clientes e funcionários; e higienização das mesas, cadeiras e demais objetos utilizados no preparo dos alimentos e de uso de clientes e funcionários.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!