Operação Cobra desmantela em Papagaios quadrilha ligada ao tráfico de drogas e homicídios na região

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Uma operação conjunta envolvendo agentes da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) e Polícia Penal culminou na prisão de quatro pessoas em Papagaios na manhã desta quinta-feira, 22 outubro. Foram apreendidos oito celulares, uma arma de fogo, três tabletes e uma barra de maconha, uma balança de precisão, material para embalagem da droga, um pen drive,  R$ 4,8 mil em dinheiro e R$ 170 em cheque. Ao todo 15 pessoas foram presas até agora.


Denominada “Cobra”, o nome da operação faz referência à forma como o animal ataca de forma sorrateira, precisa e eficaz. A ação contou com a participação de 26 viaturas, 87 policiais, Coordenação Aerotática (CAT) e do Canil da PCMG.


Foram expedidos 15 mandados de prisão temporária, 13 de prisão preventiva e 23 de busca e apreensão em Papagaios, Contagem, Betim e Pará de Minas. As investigações tiveram início em março deste ano e os agentes chegaram à conclusão que a quadrilha que opera o tráfico tem sede em Papagaios. Nos outros municípios, acontece a gestão do crime, inclusive por criminosos que já estão presos.


Dos mandados de prisão temporária, oito foram cumpridos e quatro pessoas foram presas em flagrante devido aos mandados de busca e apreensão.

O delegado da Polícia Civil de Papagaios Douglas Taveira Lemos de Oliveira disse ao Portal GRNEWS que a quadrilha está envolvida além do tráfico, em pelo menos quatro homicídios. Mas as investigações é que vão dizer quantos assassinatos foram cometidos pelos membros:


Douglas Taveira Lemos de Oliveira

douglastlooperacaocobra1


Carlos Henrique Gomes Bueno, delegado regional da PCMG, destacou a importância da união entre as polícias que culminou no bom resultado em prol da segurança pública:

Carlos Henrique Gomes Bueno
carloshoperacaocobra1

Tenente Natan Bastos é o comandante do Pelotão da PMMG de Papagaios e teve participação ativa na operação. Os acusados já são bem conhecidos do meio policial e na cidade há informações que duas gangues brigam pelo poder. Elas inclusive tem apoio de outras facções da região que ajudam quando há disputas por território.


O comandante destacou que o trabalho silencioso às vezes é devido às investigações que resultam nestas grandes prisões e apreensões:

Natan Bastos
natanboperacaocobra1

Ao Portal GRNEWS ele aproveitou para agradecer a população de Papagaios e região que tem feito denúncias e ajudado a Polícia Militar:

Natan Bastos
natanboperacaocobra2


As diligências continuam no intuito de cumprir todos os mandados de prisão e busca e apreensão expedidos. Após ouvir todos os acusados, eles foram levados para o Complexo Penitenciário Dr. Pio Canedo em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!