Ministério da Saúde libera R$ 13 milhões para hospitais do Centro-Oeste; HNSC recebe mais de R$ 420 mil

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Parlamentares mineiros estão preocupados com a situação dos hospitais e santas casas do estado. A maioria vive uma crise financeira jamais vista. Algumas instituições ainda sobrevivem graças aos repasses do Sistema Único de Saúde e de convênios particulares. Outras estão à beira de fechar as portas porque não conseguem administrar o pouco recurso que tem.

Deputados federais e senadores procuraram o Ministério da Saúde e conversaram diretamente com o ministro Luiz Henrique Mandetta para solicitar apoio financeiro para estas casas de saúde.

O pedido foi atendido e no último dia 6 de junho o titular da pasta assinou a Portaria 764/2019 que habilitou a rede de urgência e emergência da região ampliada de saúde oeste.

Os hospitais que são referência para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) receberão ao todo R$ 13 milhões para ajudar na manutenção dos serviços à população.

O Complexo de Saúde São João de Deus em Divinópolis receberá R$ 6,344 milhões, o Hospital São Luiz em Formiga o valor de R$1,372 milhão, em Itaúna o Hospital Manoel Gonçalves, a Santa Casa de Campo Belo e em Lagoa da Prata o Hospital São Carlos receberão R$ 738 mil cada, o Hospital São Judas Tadeu em Oliveira terá R$ 2,044 milhões, o Hospital Nossa Senhora da Conceição em Pará de Minas o valor de R$ 422 mil e o Hospital Regional São Sebastião em Santo Antônio do Amparo, R$ 633 mil.

O senador Carlos Viana (PSD), um dos parlamentares que articularam esta ajuda junto ao Ministério da Saúde, sabe que o valor não é suficiente para resolver todos os problemas financeiros dos hospitais e santas casas da região Centro-Oeste de Minas Gerais. Mas acredita que o recurso dará celeridade a algumas questões e vê nos consórcios a saída para melhorar o atendimento a toda a população:


Carlos Viana
carlosvianarecursohospital

O dinheiro será utilizado na melhoria da infraestrutura e também ampliação dos serviços oferecidos pelos hospitais e santas casas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!