Em reunião marcada por troca de farpas, vereadores aprovam em 1ª votação o Plano Municipal de Cultura

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

camara_municipal_para_de_minas_brasao190916
Na noite desta segunda-feira, 19 de setembro, foi realizada a reunião semanal Ordinária da Câmara Municipal de Pará de Minas, a penúltima antes das eleições marcadas para o dia 2 de outubro.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Desde o início do processo eleitoral o Legislativo paraminense vivia um período de calmaria, com poucos pronunciamentos e teve reunião que durou menos de dez minutos.

O receio das novas determinações da legislação para as eleições municipais que escolherão novos prefeitos e vereadores, fez com que os integrantes do Legislativo ficassem mais quietos.

Essa paz durou até a reunião desta segunda (19). Nesta noite um dos vereadores usou a tribuna e seu pronunciamento não agradou a um dos companheiros que o interrompeu, gerando bate-boca entre ambos. Posteriormente, nova troca de farpas quando os colegas inverteram os papeis.

Foram utilizadas palavras inadequadas para uma reunião de Câmara Municipal, nos momentos em que os ânimos estavam mais exaltados. Para o Procurador Jurídico do Legislativo, Antônio Carlos Lucas, esse tipo de discussão é comum neste período que antecede as eleições, quando todos ficam mais tensos:

Antônio Carlos Lucas
antcarlcspmc1

antonio_carlos_lucas120916
Sobre a reunião, os vereadores aprovaram em primeira votação, por 16 votos a 0, projeto enviado pelo Executivo que institui o Plano Municipal de Cultura e dá outras providências.

O Plano Municipal de Cultura deverá ser revisado em um prazo máximo de dez anos, mas pode ocorrer antecipação desta previsão, sendo necessário. Antônio Carlos Lucas destaca que outros planos semelhantes já foram votados e aprovados pelo Legislativo paraminense.

Antônio Carlos Lucas
antcarlcspmc2

Durante o encontro semanal os vereadores também aprovaram alguns requerimentos que variam desde a instalação de postes para melhoria na iluminação pública até investigação de morte de paciente ocorrida em 12 de setembro no Hospital Nossa Senhora da Conceição.

Na justificativa deste último requerimento, o autor citou que a família desconfia que houve negligência no tratamento, uma vez, que a vítima precisava de um neurologista, mas o hospital não contava com os serviços de um profissional dessa especialidade médica.

Os vereadores também destacaram os eventos desta terça-feira, 20 de setembro, data em que Pará de Minas comemorará seus 157 anos de emancipação político-administrativo com programação diversificada a ser cumprida. Entre elas, as solenidades para entrega de Títulos de Cidadania Honorária e Diploma de Honra ao Mérito, que serão realizadas no plenário da Câmara Municipal de Pará de Minas e a população está convidada.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!