Levantamento mostra que gás de cozinha é vendido em Pará de Minas por até R$ 103; aumentos constantes assustam

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O brasileiro tem enfrentado momentos de crise financeira nos últimos anos, que se agravou ainda mais com a pandemia de Covid-19. Os constantes aumentos em itens básicos apertam no fim do mês e as famílias tem que apertar para conseguir pagar tudo em dia.

A energia elétrica por exemplo sofreu novo reajuste. Neste mês, devido a crise hídrica e a queda do nível dos reservatórios das hidrelétricas, a conta de luz fica bem mais cara com a taxa extra. Agora, a cada 100kWh consumidos, será pago R$ 9,49. Antes, o valor era de R$ 6,24.

Novo aumento também para o gás de cozinha. A Petrobrás anunciou que vai elevar em 7% os preços do gás entregue às distribuidoras a partir de 1º de agosto. Dados mostram que nos últimos seis meses o aumento total do gás de cozinha será de 48%.

Nas ruas a população está assustada com os aumentos quase que semanais. Fábio Christian é diarista e garante que está difícil manter tudo em dia:


Fábio Christian

fabiochristianaumento1

Bianca Aparecida Aguiar está desempregada e a situação para ela também é complicada:


Bianca Aparecida Aguiar

biancaapagaumento1

A reportagem do Portal GRNEWS fez um levantamento de preços nos estabelecimentos quem vendem gás em Pará de Minas. Dos seis locais pesquisados, o botijão de gás de 13 kg é vendido a partir de R$ 99,00. No ponto de venda mais caro pesquisado, o botijão já está custando R$ 103,00.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!