Economista recomenda que trabalhador utilize o 13º para pagar dívidas e comprar à vista

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Neste fim de ano muitas famílias planejam ir às compras para organizar as festas de comemoração do Natal e do Ano Novo. As ceias e os presentes fazem parte da procura nas lojas de vários segmentos diferentes.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Com a economia em recessão muita gente tem preferido economizar ao máximo possível visando às despesas do começo do ano como o pagamento de IPVA, IPTU, material escolar, entre outras.

O pagamento do 13º salário é um dos incentivos que ajudam os trabalhadores na hora das compras. Mas, com o alto endividamento muitas famílias têm preferido acertar os compromissos financeiros com os credores.

De acordo com o economista Eduardo de Almeida Leite, a recomendação é injetar o dinheiro extra no pagamento de dívidas com juros altos, principalmente o cartão de crédito e o cheque especial:


Eduardo de Almeida Leite
decimoterceiroeduardoalmeidaleite1

Por outro lado, o especialista alerta os lojistas para a necessidade de usar a criatividade para atrair a clientela. Os consumidores estão mais cautelosos diante da crise e as promoções se tornam um grande aliado dos empresários:

Eduardo de Almeida Leite
decimoterceiroeduardoalmeidaleite2

Outra sugestão é sempre utilizar o dinheiro do décimo terceiro para fazer compras à vista. Com isso o consumidor terá condições de pedir aos comerciantes um desconto e conseguir um preço mais em conta.

Uma das medidas adotadas pelo governo federal para recuperar a confiança do mercado financeiro e retomar o crescimento foi à aprovação por parte do Senado Federal da PEC 55, a qual limita os gastos públicos durante os próximos 20 anos. A lei ainda será promulgada pelo presidente Michel Temer (PMDB-SP).

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!