Vereadores aprovam novas atribuições à odontólogos e não acreditam no Hospital Municipal Padre Libério

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A reunião da Câmara Municipal de Pará de Minas realizada na noite desta segunda-feira, 18 de maio, foi marcada pela votação de dezenas de requerimentos e de oito projetos. O primeiro deles a ser discutido foi o Projeto de Lei Complementar (PLC) 13/2020 que altera disposições da Lei Municipal 6.045/2020, sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores Públicos do Município. Entre as alterações neste projeto está a jornada para atividades de vigilância e guarda municipal, e ainda os plantões médicos e de enfermagem, além da condução de ambulâncias. O projeto teve pedido de vistas pelo vereador Marcos Aurélio dos Santos (DEM).

Já o Projeto de Lei (PL) 18/2020, que também altera o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos Servidores Públicos do Município, foi aprovado por 16 votos a zero. Neste, foram acrescidas atribuições para cargos do setor de Odontologia do Município, como explica o presidente da Mesa Diretora do legislativo paraminense Marcílio Magela de Souza (MDB):

Marcílio Magela de Souza
marcilioreuniao180520


O Projeto de Lei 20/2020 dispõe sobre a reserva de vagas de estacionamento em frente a unidades básicas de saúde, hospital, Policlínica e Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O vereador autor, Márcio Eustáquio Rodrigues (PTC), retirou o projeto de pauta.

Já os projetos 25/2020 do vereador Ênio Talma Ferreira de Rezende (PSDB) que institui o Mão Amiga para revitalizar praças e áreas públicas de Pará de Minas; o de número 39/2020 de Gladstone Correa Dias (PSDB) que denomina Lúcia Maria de Lima a praça localizadas no bairro Eldorado; o PL 40/2020 também de Gladstone Correa Dias que denomina logradouros públicos em Bom Jesus do Pará; e o Projeto de Lei 45/2020 que autoriza a permuta de lotes de terreno que enumera no bairro Grão-Pará, foram aprovados em duas votações por 16 votos a zero.

O projeto do vereador Mário Justino da Silva (PRB) que regulamenta a colocação de placas informativas em todas as áreas públicas, teve pedido de vista pela Comissão de Educação, como explica o vereador Marcos Aurélio dos Santos (DEM):

Marcos Aurélio dos Santos
marcosaurelioreuniao180520


Os vereadores também discutiram outros assuntos, entre eles a implantação do Hospital Municipal Padre Libério, que iniciou as atividades na última semana. Ênio Talma Ferreira de Rezende não acredita que o local funcionará como hospital:

Ênio Talma Ferreira de Rezende
eniotalmareuniao180520


Marcus Vinícius Rios Faria (MDB) também criticou a instalação do novo hospital. Segundo ele, o Município não tem conseguido manter nem o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC):

Marcus Vinícius Rios Faria
marcusviniciusreuniao180520

Leandro Almeida Ferreira (PV) citou que em uma reunião anterior entre alguns vereadores e o prefeito Elias Diniz (PSD), o chefe do Executivo Municipal disse não precisar do dinheiro a ser devolvido pela Câmara para ajudar no enfrentamento à COVID-19. Mas na semana passada, voltou atrás e disse que pediria o valor para ser aplicado no HNSC. O vereador questionou ainda o aumento salarial de alguns servidores do Município:

Leandro Almeida
leandroalmeida180520


A reunião semanal da Câmara de Vereadores de Pará de Minas acontece toda segunda-feira, a partir das 18 horas, conforme determina o Regimento Interno. Mesmo durante a pandemia o encontro tem acontecido tomando todos os cuidados de distanciamento social e prevenção.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!