Golpistas visitam residências em busca de dados e e-mails de eleitores usando nome da Justiça Eleitoral

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


A Justiça Eleitoral recebeu a informação de que pessoas estariam visitando eleitores e solicitando dados pessoais. Elas se identificam como representantes do Judiciário e alegam que estão atualizando o banco de dados.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Os golpistas afirmam que estão promovendo o recadastramento biométrico e caso o procedimento não seja feito existe o risco de cancelamento do título do eleitor. Porém, a Justiça Eleitoral nunca envia servidores à casa de eleitores.

De acordo com o TRE-MG (Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais) o próprio eleitor deve atualizar os dados cadastrais ou regularizar a situação. Para isso ele precisa procurar um Cartório Eleitoral.

Antes de repassar qualquer dado pessoal seria prudente o eleitor entrar em contato com o Cartório Eleitoral da Comarca e verificar se está sendo feita alguma diligência com o aval da Justiça Eleitoral.

De acordo com Luiz Antônio Gabriel, chefe do Cartório Eleitoral da Comarca de Pará de Minas, nos casos em que é preciso realizar alguma regularização o eleitor pode ser comunicado por telefone e deve comparecer ao órgão:


Luiz Antônio Gabriel
golpeeleitoralluizantonio1

O prazo para a regularização, transferência e outras solicitações vence no dia 9 de maio. Caso o eleitor receba a visita de golpistas em casa, a Polícia Militar deve ser acionada para que as providências legais sejam tomadas:

Luiz Antônio Gabriel
golpeeleitoralluizantonio2

Também vale ressaltar que alguns criminosos encaminham e-mails falsos em nome da Justiça Eleitoral. As mensagens contêm assuntos como cancelamento de título de eleitor, convocação de mesários e regularização de cadastro.

São disponibilizados links para serem acessados e que na verdade podem conter vírus de computador ou um software. A Justiça Eleitoral também não envia e-mails a eleitores. Essas mensagens devem ser apagadas.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone 148 (Disque-Eleitor), de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Outra opção é o site do TRE-MG.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE