Plano de vacinação contra Covid-19 está pronto e só faltam chegar as doses para iniciar imunização em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Com intuito de conter a disseminação do novo coronavírus, empresas do mundo inteiro concentrarem seus esforços na criação de uma vacina. No Brasil, começou nesta segunda-feira, 18 de janeiro, a distribuição das doses pelo Ministério da Saúde aos estados brasileiros, que ficam então encarregados de encaminhar as vacinas aos municípios.

Em Pará de Minas o Plano de Contingência já estava pronto, antes mesmo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar o uso emergencial da Sinovac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a China, e da Oxford-AstraZeneca, cujo pedido foi feito pela Fiocruz e o primeiro carregamento deve ser trazido da Índica por um avião fretado pelo governo federal, mas a pretensão inicial fracassou.

No plano municipal está especificado quem está incluído em cada etapa da vacinação. Inicialmente serão imunizados trabalhadores da saúde, idosos acima de 75 anos, pessoas acima dos 60 anos que moram em instituições de longa permanência, população indígena e comunidades tradicionais ribeirinhas.

Na segunda etapa estão incluídas pessoas entre 60 e 74 anos. Na terceira fase pessoas com morbidades como diabetes, hipertensão arterial grave, doença pulmonar, doenças renal, cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer, obesidade grave e pessoas com deficiência permanente ou severa.

Depois vem os trabalhadores da educação, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

O secretário Municipal de Saúde Wagner Magesty foi o convidado do Papo com Geraldo RodriguesPGR – programa exibido de segunda a sexta-feira, de 13 às 15 horas no canal grnewsnoticias no Youtube.

A vacinação contra a COVID-19 foi um dos assuntos debatidos e ele explica que após a imunização inicial, a compra deve ser autorizada para empresas como clínicas e farmácias, mas por enquanto somente o Ministério da Saúde está autorizado a adquirir:


Wagner Magesty

wagmagpgrvaccovid1

Ele destacou que a campanha não terminará em semanas. Além de aguardar as doses chegarem à cidade, é preciso vacinar um público-alvo por vez, até imunizar toda a população:

Wagner Magesty
wagmagpgrvaccovid2

Para imunizar a população, a Secretaria Municipal de Saúde também já definiu que todas as salas de vacinação ficarão abertas de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 15h30. Seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) e uma unidade por distrito funcionará de 7h30 às 19h30 durante toda a campanha.

Um Dia D também será agendado no fim de semana onde 55 equipes de vacinação estarão nas UBS’s, supermercados, prédio da Prefeitura, praças, Parque do Bariri, Parque Eldorado, estacionamento da Escola Estadual Fernando Otávio e na Fapam.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!