Festas em sítios continuam sendo realizadas em meio à pandemia e PM alerta que organizador pode ser preso

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, decretos municipais proibiram em Pará de Minas festas e eventos com aglomeração de mais de dez pessoas. O objetivo é evitar a propagação do vírus que já matou milhares de pessoas e infectou milhões no mundo inteiro.

Mas infelizmente, mesmo após muita divulgação, tem gente que insiste em continuar realizando festas e eventos com grande quantidade de pessoas que não estão preocupadas em pelo menos usar máscaras.

Na cidade já foram registradas várias ocorrências do tipo, inclusive em uma das festas uma pessoa estava infectada porém assintomática, e passou o vírus para pelo menos outros dois participantes.

Na zona rural estes eventos continuam acontecendo em sítios e chácaras e especialmente aos fins de semana. A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) recebe as denúncias e passou a averiguar a situação, como contou ao Portal GRNEWS o comandante da 19ª Companhia Independente, tenente-coronel Geraldo Elias de Araújo:


Geraldo Elias de Araújo
comandfestascovid1

Tenente-coronel destaca também a importância da população denunciar. Este tipo de evento coloca em risco famílias inteiras e cada um deve ser sua parte neste momento de incertezas:

Geraldo Elias de Araújo
comandfestascovid2

Para ações em que há necessidade de investigação, a recomendação é que o cidadão ligue no número 181 – Disque Denúncia Unificado (DDU). Já casos em que é preciso agir rápido, é só ligar no 190. Nas duas situações não é necessário se identificar.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!