Lucro do FGTS será creditado nas contas dos trabalhadores com carteira assinada

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Milhões de contas pertencentes a trabalhadores brasileiros receberão um depósito referente à distribuição da metade dos lucros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

A novidade consta na mesma Medida Provisória (763/2016) que liberou o saque das contas inativas do fundo. Ela foi convertida para a Lei 13.446/2017 e vai gerar ganhos para a classe trabalhadora.

O dinheiro é depositado todos os meses pelos empregadores e o volume de recursos acaba sendo utilizado pela Caixa Econômica Federal. O banco estatal libera linhas de crédito e movimenta os recursos do FGTS.

Segundo Eduardo Bráulio de Souza, gerente-geral da agência da Caixa Econômica Federal em Pará de Minas, o FGTS funciona como um banco. Os recursos são utilizados para os créditos de financiamento habitacional e gera lucros.

Metade desse montante que foi para o mercado e rendeu lucros será depositada nas contas ativas de FGTS dos trabalhadores. Os valores estarão nas contas, mas não poderão ser retirados pelos titulares:


Eduardo Bráulio de Souza
creditofgtseudardobraulio1

Os créditos não serão depositados para todos os trabalhadores. Apenas aqueles que tinham recursos na conta do FGTS em 31 de dezembro. O dinheiro só é retirado pelo trabalhador demitido por justa causa ou para aquisição da casa própria:

Eduardo Bráulio de Souza
creditofgtseudardobraulio2

O saldo do FGTS pode ser acompanhado pelo trabalhador através do site da Caixa Econômica Federal. As informações podem ser acessadas também pelo aplicativo do banco para smartphones e tablets.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido!