Maioria de paraminenses com Covid-19 é mulher com idade entre 20 e 39 anos, revelam dados da Saúde

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O Portal GRNEWS apurou que a Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou novos índices referentes à Covid-19 por regiões no Estado de Minas Gerais. Após um estudo realizado, as macro e microrregiões são classificadas em ondas pelo plano Minas Consciente, criado para retomada consciente da economia durante a pandemia do novo coronavírus.

Segundo a SES, apenas duas macrorregiões seguem na onda Amarela do Minas Consciente, enquanto o restante do estado está na Vermelha, uma das mais restritivas.

A macrorregião Oeste, na qual Pará de Minas está inserida, é uma das mais preocupantes, de acordo com o governo mineiro. Os dados são baseados no número de casos confirmados diariamente, mortes e na ocupação de leitos destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19.

Pará de Minas informou ter aderido ao Minas Consciente no dia 20 de julho de 2020 e atualmente está na onda vermelha do plano. Além disso, um decreto faz outras restrições de funcionamento de certos setores.

Atualização da SES mostra que a letalidade da doença em Pará de Minas é de 3,36%, sendo que a Covid-19 atinge mais mulheres na cidade. A maioria das infectadas tem entre 20 e 39 anos. Dado interessante e que mostra mudanças, já que boletins anteriores diziam que a faixa etária com maior número de infectados pelo novo coronavírus em Pará de Minas tinha entre 30 e 49 anos. Ou seja, os mais jovens estão entre os mais afetados pela doença.

Quanto ao tratamento, 89,04% dos infectados precisaram apenas fazer o isolamento em casa, enquanto 10,96% tiveram piora no quadro clínico e precisaram ser internados.

A média móvel de casos confirmados na cidade também aumentou, segundo a SES. Se na semana passada a média girava em torno de 56,6 casos diários, hoje o número subiu para 68 diariamente.

Atualmente a microrregião de Pará de Minas possui, segundo a SES, 47 leitos de UTI. Destes, 97,87% estão ocupados no geral. Quanto aos leitos exclusivos para tratamento de pacientes com Covid-19, a proporção é de 100% de ocupação pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Quanto aos leitos clínicos, ainda segundo a Secretaria de Estado de Saúde, há 91 disponíveis na microrregião de Pará de Minas e todos estão ocupados, sendo 72,53% de pacientes diagnosticados ou com suspeitas do novo coronavírus.

Ainda na macrorregião Oeste, são as cidades de Divinópolis e Formiga quem recebem crianças diagnosticadas com a doença. em Formiga a ocupação atual é de 100% e em Divinópolis, 33,33%.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!