Recebeu sementes da China? IMA orienta mineiros a não abrir embalagem e comunicar ao órgão

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Moradores de muitos estados brasileiros se assustaram ao receber dos Correios alguma encomenda que fizeram fora do país. Ao abrir o pacote encontraram sementes misteriosas. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) recebeu até setembro 36 relatos destas encomendas, cuja situação preocupa.

É que ainda não se sabe o que são estas sementes e se realmente há algo errado, que pode colocar em risco plantações e criações. A maioria dos pacotes, segundo o MAPA, vem da China, Malásia e Hong Kong.

Diante da situação o MAPA fez uma parceria com o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) e Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg) através dos sindicatos rurais, para recolher estas sementes caso os mineiros também recebam juntos às encomendas.


O Portal GRNEWS conversou com o chefe do escritório seccional do IMA em Pará de Minas Lucas Silva Jardim, que explicou que caso a pessoa receba estas sementes em casa, é preciso comunicar imediatamente a algum dos órgãos. Além disso é importante não abrir a embalagem, não plantar as sementes, nem jogar fora:

Lucas Silva Jardim
lucassjsementeschina1

Além disso, Lucas Silva Jardim recomenda a não mexer nas sementes pois ainda não se sabe o que são ou o que contém dentro destes pacotes. Não há notificações na regional mas a situação vivida em outras cidades brasileiras serve de alerta:

Lucas Silva Jardim
lucassjsementeschina2

Caso receba as sementes é preciso levar até o IMA ou a Emater. Os dois órgãos funcionam nas dependências do Parque de Exposições Francisco Olivé Diniz em Pará de Minas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!