Denúncias contra idosos diminuem em Pará de Minas e COMID pede que vizinhos e familiares fiquem atentos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A expectativa de vida da população aumentou 30,3 anos entre 1940 a 2016. De 45 anos, hoje os brasileiros vivem em média 75 anos e o número só tende a crescer graças ao estilo de vida e várias outras situações que tem melhorado a condição de vidas das pessoas.

Com isso órgãos federais, estaduais e municipais tiveram que rever alguns conceitos e criar políticas públicas voltadas às pessoas com mais de 60 anos.

Mas enquanto muitos idosos estão aí curtindo a vida, aproveitando o momento que é de descansar enquanto já trabalharam tanto, outros sofrem violência e muitas vezes dentro da própria casa. É o que mostra uma pesquisa do Disque 100, um serviço federal que oferece vários serviços. Em 2018, aumentou 13% o número de denúncias de violência contra o idoso no país, sendo mais de 37 mil ligações pra esse fim.

Negligência, violência psicológica como xingamentos e humilhação e abusos financeiros e patrimoniais estão no topo da lista de denúncias. A maioria praticada dentro de casa, por filhos ou netos.

Em Pará de Minas a situação também mudou ao longo dos anos. É o que afirma o presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (COMID) José Raimundo de Almeida.

Segundo ele o número de denúncias diminuiu nos últimos meses, o que mostra que as pessoas se conscientizaram da importância do idoso para a sociedade:


José Raimundo de Almeida
joseraimundodenuncviol1

Quando existe a denúncia, os conselheiros vão até o local, conversam com vizinhos e familiares do idoso. Cada caso é analisado individualmente para definir o que é melhor para a pessoa:

José Raimundo de Almeida
joseraimundodenuncviol2

Quando a família se compromete a cuidar do idoso é assinado um termo. Mas há casos em que não há consenso e nestas situações o Ministério Público intervém:

José Raimundo de Almeida
joseraimundodenuncviol3

A denúncia pode ser feita diretamente ao Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (COMID) através do telefone (37) 3236-3297.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!