Desassoreamento do córrego Água Limpa e do ribeirão Paciência podem minimizar impacto de enchentes

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A situação se repete a cada ano. Chega o período chuvoso, e citando apenas um dos pontos críticos, a Avenida Presidente Vargas, uma das principais da cidade, fica alagada. Especialmente próximo ao Córrego Água Limpa é tanta água que não é possível ver o asfalto. Aí há o risco até de carros serem levados pela enxurrada.

Muito disso ocorre pela sujeira do córrego. A própria população joga lixo e entulho nas águas, e quando chove uma quantidade maior, o problema acontece.

Para tentar ao menos minimizar o problema a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura iniciou o trabalho de limpeza e desassoreamento do córrego Água Limpa antes de iniciar o período chuvoso.

Além disso, a equipe trabalha paralelamente na limpeza do ribeirão Paciência, para que os dois estejam prontos nos dias chuvosos, como explica o prefeito Elias Diniz (PSD):


Elias Diniz
eliasdinizcoral1

As galerias localizadas no meio da avenida e do lado direito do córrego Água Limpa estavam completamente tampadas e já foram desobstruídas pela equipe. O ribeirão Paciência, próximo ao Estádio Ovídio de Abreu, Campo do Paraense, também será desassoreado e as galerias limpas:

Elias Diniz
eliasdinizcoral2

Somente em um trecho muito pequeno, a equipe da Secretaria de Obras retirou 21 caminhões de terra e lixo, o que mostra que os paraminenses tem ter mais consciência e jogar o lixo em local adequado:

Elias Diniz
eliasdinizcoral3

Além de prevenir a ocorrência de enchentes, a expectativa é que com o desassoreamento elimine focos do mosquito Aedes aegypti. As intervenções devem terminar nas próximas semanas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!