Vereadores aprovam projeto incluindo igrejas entre os serviços essenciais em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Os vereadores paraminenses se reuniram novamente na noite desta segunda-feira, 14 de junho, para mais uma reunião ordinária. O Portal GRNEWS acompanhou o encontro, de forma virtual, como vem acontecendo nas  semanas anteriores devido ao agravamento da pandemia do novo coronavírus, eles iniciaram o encontro apresentando dezenas de requerimentos.


Em seguida foram discutidos os seis projetos que entraram em pauta. O primeiro deles, 33/2021, trata da proibição do nepotismo no âmbito dos poderes Executivo e Legislativo em Pará de Minas. O vereador Hélio Andrade de Melo Júnior (PSL) pediu vistas ao projeto para analisar melhor as informações.

Também foi votado o projeto de número 38, que reconhece as entidades religiosas e templos de qualquer culto como atividades essenciais em Pará de Minas. Como o Portal GRNEWS adiantou, a proposta é de autoria dos vereadores Leandro Guimarães Vieira (PTB), Cléber Gonçalves (PSB) e Ronivelton Correa Barbosa (Republicanos), e foi aprovada em duas votações por 16 votos a zero.

Também entrou em pauta o projeto 42/2021 que regulamenta os serviços de transporte remunerado privado individual de passageiros por aplicativos ou outras plataformas de comunicação em rede. O vereador Marcílio Magela de Souza (MDB) pediu vistas, pois precisa anexar mais três emendas à proposta.

O projeto de número 47, denomina Sargento Silvio Vicente da Silva, uma praça localizada no novo loteamento Alto Villa, localizado em frente ao Quartel do Corpo de Bombeiros Militar de  Minas Gerais (CBMMG) em Pará de Minas, e teve aprovação de 16 votos a zero.

Também entrou em discussão o projeto 49/2021, que autoriza o Município a abrir crédito especial no valor de R$ 200 mil que serão investidos na estruturação do sistema de gases medicinais do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC). O projeto foi aprovado por 16 votos a zero.

Os vereadores também discutiram o Projeto de Resolução nº 7/2021, que cria a Ouvidoria Parlamentar Municipal. A proposta, aprovada por 16 votos a zero, cria agora um canal aberto entre o Legislativo e os paraminenses, que poderão dar opiniões, fazer sugestões e reclamações a respeito do trabalho desenvolvido na Câmara.

Em seguida os membros do Legislativo votaram moções de aplausos e requerimentos. Estes, serão enviados às secretarias responsáveis pelas solicitações.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!