MG supera 15 mil casos de Dengue e Pará de Minas mantém número preocupante de notificações

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) está preocupada com o aumento significativo no número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. O mosquito continua fazendo vítimas em toda Minas Gerais.

O Portal GRNEWS analisou os dados da SES e constatou que desde o início do ano já foram registrados 15.149 casos prováveis de Dengue, 5.269 casos foram confirmados, dois óbitos estão em investigação e um foi confirmado.

Quanto à Febre Chikungunya, são 2.628 casos prováveis e 1.792 confirmados.

Já em relação ao Zika vírus são 88 casos prováveis e 11 confirmados.

Os números são preocupantes especialmente se comparados ao mesmo período do ano passado. Enquanto em 2020, do total de casos, 98% era de registros de Dengue, 1,8% de Febre Chikungunya e 0,2 de Zika vírus, este ano a Dengue representa 85% das notificações, enquanto a Chikungunya 14,7% e o Zika 0,3%. As outras doenças que trazem mais sequelas e são mais letais, aumentaram consideravelmente.

O boletim da SES também mostrou que a macrorregião Oeste, da qual Pará de Minas faz parte, é considerada Alto Risco em relação às notificações de casos prováveis de Zika e Chikungunya em gestantes.

Pará de Minas, de acordo com o Estado, mantém um caso de Chikungunya em investigação.

Quanto à Dengue baixou o número de notificações após resultados de exames. Mas ainda sim, mantém o patamar preocupante com 240 casos prováveis da doença notificados na cidade.

O Portal GRNEWS apurou que a região mantém os números baixos, considerados normais para o período. Itaúna tem três suspeitos; Divinópolis tem 64 casos prováveis; Formiga tem 51; Florestal, Perdigão e Maravilhas não tem nenhum caso suspeito; Igaratinga tem 17 notificações; Nova Serrana tem 88 casos; Onça de Pitangui tem 4; Papagaios tem 17 registros; Pitangui tem 26 casos e São José da Varginha tem cinco suspeitos.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!