Saiba como proteger a pele e evitar danos à saúde causados pelo Sol. Dermatologista dá dicas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


O verão, a estação mais quente do ano, teve início no Brasil no dia 21 de dezembro de 2017 e só termina em 20 de março de 2018. O período é propício para atividades esportivas e de lazer ao ar livre.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Mas é importante lembrar que os raios solares intensos nesta época do ano podem trazer danos à saúde, principalmente para a pele. Isso faz aumentar os riscos de ocorrências de queimaduras, câncer de pele, por exemplo.

Todos devem aproveitar o verão para fazer as atividades que deseja, mas ninguém pode se esquecer da proteção para aproveitar melhor a estação quente, sem causar prejuízos à sua saúde.

A reportagem do Portal GRNEWS conversou sobre este assunto com o médico Mário Lessa, especialista em Dermatologia. Ele repassa dicas imprescindíveis para não colocar a saúde em risco devido aos efeitos causados pelos raios ultravioletas. Alerta que é preciso observar os horários mais propícios para a exposição ao Sol:

Mário Lessa
mariolessaultravioleta1


Outra dúvida frequente é qual tipo de protetor solar utilizar para proteger melhor a pele. Aquela história de bloqueador solar já não existe mais, até porque é muito difícil fazer esse bloqueio usando algum creme.

O dermatologista destaca que a utilização do protetor solar é fundamental para quem quer proteger a pele. No entanto, o mais indicado é a pessoa procurar um especialista para saber qual fator de proteção é o ideal para ela, pois no mercado pode ser encontrado facilmente filtro solar das mais variadas marcas e fatores:

Mário Lessa
mariolessaultravioleta2

Mais dica que deve ser levada muito a sério pelos pais ou pessoas responsáveis se refere aos cuidados com as crianças. Já se sabe que o Sol é cumulativo e toda exposição é prejudicial em qualquer tempo:

Mário Lessa
mariolessaultravioleta3

As pessoas também devem ficar atentas quanto às manchas e sinais existentes ou que surgem na pele. Inclusive as pintas antigas que mudarem de cor precisam ser avaliadas o quanto antes por um dermatologista:

Mário Lessa
mariolessaultravioleta4

Além das dicas e orientações repassadas pelo médico dermatologista Mário Lessa, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB) chama atenção para outros fatores que devem ser considerados durante o Verão, a estação mais quente do ano e com maior exposição dos cidadãos aos raios ultravioletas.

Cicatrizes

Entre essas dicas da SDB, consta a indicação de proteger as cicatrizes, especialmente as recentes, que podem ficar escuras se expostas ao sol, devido ao risco de desenvolvimento de tumores, apesar de raros. A proteção pode ser feita com uso de barreiras físicas como adesivos, esparadrapos ou por meio do uso de filtro solar.

Crianças

O uso do filtro solar é recomendado para crianças a partir dos seis meses de idade, com a aplicação de um protetor adequado para a pele que é mais sensível, de preferência filtros físicos. O pediatra ou dermatologista pode indicar o produto indicado para a criança. É preciso que crianças e jovens criem o hábito de usar o protetor solar diariamente.

Pele negra

A SDB também alerta que pessoas de pele negra têm uma proteção “natural”, pela maior quantidade de melanina produzida, mas não podem se esquecer da fotoproteção, pois também estão sujeitas a queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Assim como as pessoas de pele mais clara, precisam usar filtro solar, roupas e acessórios apropriados diariamente.

Tem quente exige hidratação redobrada

As temperaturas mais quentes exigem hidratação redobrada, por dentro e por fora. Portanto, deve-se aumentar a ingestão de líquidos no verão e abusar da água, do suco de frutas e da água de coco. Todos os dias, aplicar um bom hidratante, que ajuda a manter a quantidade adequada de água na pele.

Alimentação

Alguns alimentos podem ajudar na prevenção aos danos que o sol causa à pele, como cenoura, abóbora, mamão, maçã e beterraba, pois contêm carotenoides, substância que se deposita na pele e tem importante ação antioxidante. Ela é encontrada em frutas e em legumes de cor alaranjada ou vermelha.

Carnes, frutas e legumes

No verão estamos mais dispostos a comer de forma mais saudável, ingerindo carnes grelhadas, alimentos crus e cozidos; frutas e legumes com alto teor de água e fibras e baixo de carboidratos. Apostar nesses alimentos ajuda na hidratação do corpo, previne doenças e adia os sinais do envelhecimento.

Na hora do banho

No banho, recomenda-se usar sabonetes compatíveis com o tipo de pele, porém, sem excesso. A temperatura da água deve ser fria ou morna, para evitar o ressecamento da pele.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!