LIRAa em Pará de Minas deve atingir índice alto devido ao período chuvoso e pouca ajuda da população

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

A afirmação é do diretor de Vigilância em Saúde Vander da Silva Rodrigues. Ao Portal GRNEWS ele explica que a expectativa é que o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) pode não ser tão satisfatório como o Município gostaria. O motivo é o clima, em dias chove e em outros faz sol. Com isso a água acumula nos recipientes e o mosquito Aedes aegypti tem um local para botar seus ovos.

Aliado a isto tem a população que infelizmente não está fazendo sua parte. Bastam apenas dez minutos por semana para eliminar de vez o Aedes aegypti das nossas vidas, mas muitos ainda insistem em não limpar a própria casa e os quintais.

Com isso, vem a Dengue, Febre Chikungunya e Zika vírus que já fez muitas vítimas em Pará de Minas.

O primeiro LIRAa de 2021 é realizado desde segunda-feira (11) e os agentes estão em campo, indo aos imóveis sorteados através de um programa, coletando amostras:


Vander da Silva Rodrigues

vanderdasilvaliraa20211

Os agentes de campo estão devidamente identificados e passaram recentemente por testes para diagnóstico do novo coronavírus:

Vander da Silva Rodrigues
vanderdasilvaliraa20212

Vander da Silva Rodrigues destaca a importância da realização deste levantamento para o Município programar ações de combate à Dengue. Com o atual desfalque no número de agentes, ele convoca a população para acabar com o mosquito:

Vander da Silva Rodrigues
vanderdasilvaliraa20213

Quem quiser informações, tirar dúvidas ou fazer denúncias pode ligar na Vigilância Sanitária no telefone (37) 3231-7722.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!