ASSODIPAM promove muitas atividades gratuitas movimentando a Semana do Diabético

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Dados da Federação Internacional de Diabetes (IDF) mostram que no ano de 2017, quase 13 milhões de brasileiros entre 20 e 79 anos sofriam com a doença. As estimativas também são preocupantes. A Sociedade Brasileira de Diabetes (SDB) acredita que até 2045, 24 milhões de pessoas sejam afetadas, e a maior parte delas não vai conseguir controlar a doença.

Existem dois tipos de diabetes. O tipo 1 é genético e começa a se manifestar na infância ou adolescência. Já o 2, pode ser desenvolvido na fase adulta e é influenciado pelo estilo de vida, como tabagismo, sedentarismo e má alimentação.

Controlar a taxa de glicemia no sangue é a maior dificuldade para quem tem a doença. Porém, com cuidados específicos e atividade física, isso se tornou fácil para as mais de 70 pessoas que frequentam a Associação dos Diabéticos de Pará de Minas (ASSODIPAM).

No local são promovidas várias atividades, como sessões de fisioterapia, educação física, ioga, dança e tem ainda a academia, inaugurada há 10 anos.

A ASSODIPAM vive nesta semana momentos especiais. É que em 14 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes, uma chance a mais para conscientizar não só quem já frequenta o local, como também toda a comunidade.

A presidente da associação Maria Aparecida Alves Oliveira destaca a importância de mostrar a todas as pessoas que é possível levar uma vida normal mesmo com diabetes:

Maria Aparecida Alves Oliveira
mariaaparecsemanadiab1

Durante toda esta semana várias atividades são realizadas na sede da ASSODIPAM. Para encerrar as festividades, os associados farão uma aula diferente na próxima semana.

O professor de dança Renato Cristiano dos Santos levará todo mundo para a Praça Padre José Pereira Coelho para um aulão especial, com participação de quem estiver no Centro da cidade:

Renato Cristiano dos Santos
renatocristsemanadiab1

A dona Dalva Ferreira é pura alegria. Há 19 anos descobriu que tinha diabetes e começou a frequentar a ASSODIPAM, recém-criada na cidade. Hoje ela vive normalmente e cuida direitinho da saúde:

Dalva Ferreira
dalvaferreirasemanadiab1

A Semana do Diabético teve início na segunda-feira (11) com uma palestra com o médico Zilmo Dourado. Na terça-feira (12) quem esteve por lá foi a psicóloga Franciele Silva. No dia 13 acontecerá a partir de 8 horas a Festa da Primavera, e no dia 14, quinta-feira, padre Geraldo Gabriel celebrará uma missa também as 8 horas.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!