Queimadas continuam devastando áreas verdes em Pará de Minas e Corpo de Bombeiros intensifica fiscalização

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Chega o mês de agosto e a história é sempre a mesma. Parece até que o Portal GRNEWS está repetindo reportagens, mas a realidade é que as queimadas permanecem devastando áreas verdes e até mesmo preservadas, matando animais e poluindo o ar de toda a cidade.

Quem mora em Pará de Minas já sabe quais pontos serão queimados anualmente. A Serra da Tabatinga, mais conhecida como serra das torres; a serra de Santa Cruz, onde está o mirante do Cristo Redentor; beira de estradas como a rodovia que passa atrás do bairro Santos Dumont; e vários outros locais.

Além de devastar áreas verdes, muitos animais morrem, pois não conseguem fugir destas queimadas. Sem contar os que saem do seu habitat natural e vão em direção à cidade, sofrendo risco de morrer atropelados por exemplo.

Mesmo ainda não tendo feito um levantamento mais preciso, capitão Lucas Ribeiro Maia que é comandante da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros de Pará de Minas, acredita que este ano a situação está mais crítica que no ano passado. Como os ventos começaram ainda em julho, eles ajudaram a propagar o fogo que devastou muitas áreas na cidade.

Mesmo elaborando e executando um planejamento com diversas ações, os Bombeiros enfrentam dificuldades com donos de lotes vagos e áreas verdes que também devem contribuir para evitar incêndios:


Lucas Ribeiro Maia
lucasrmquei1

Por ter ainda um efetivo pequeno em relação à grande demanda, quando é solicitado o Corpo de Bombeiros avalia qual ocorrência atenderá primeiro:

Lucas Ribeiro Maia
lucasrmquei2

Este ano, após denúncias, o Corpo de Bombeiros de Pará de Minas conseguiu identificar alguns incendiários que foram presos pela Polícia Militar.

Capitão Lucas Ribeiro Maia pede mais uma vez a colaboração da população, tanto em não atear fogo e também em denunciar:

Lucas Ribeiro Maia
lucasrmquei3

As denúncias podem ser feitas tanto no 190 da Polícia Militar como também no 193, do Corpo de Bombeiros.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!