Luta Antimanicomial propõe mudança no relacionamento com pessoas que tem sofrimento mental

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

O município de Pará de Minas inicia nesta segunda-feira, 13 de maio, as atividades programadas para a Semana da Luta Antimanicomial. Os eventos antecedem o Dia Nacional do Movimento Antimanicomial, no sábado, 18 de maio. A data relembra um Encontro dos Trabalhadores de Saúde Mental ocorrido em Bauru.

Foram anos de luta por mudanças nas condições de tratamentos dos pacientes com transtorno mental no Brasil. A partir daí criou-se uma nova política de atenção à saúde mental.

A pessoa com algum transtorno mental era marginalizada, taxada de louca e submetida à internação compulsória em manicômios. Essa realidade mudou para tratamentos especializados.

Em Pará de Minas a rede de atenção da saúde mental vinculada à Secretaria Municipal de Saúde conta com diversos equipamentos públicos como o Centro de Referência em Saúde Mental (CERSAM), Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), Centro de Convivência de Saúde Mental e Residência Terapêutica.

Para marcar a Semana da Luta Antimanicomial foram programadas diversas atividades para os próximos dias. A coordenadora de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde Marina Saraiva afirma que este movimento tem como objetivo mostrar que é preciso mudar o relacionamento com as pessoas que tem sofrimento mental:


Marina Saraiva
mariasaraivaluta1

Apesar de todos os avanços alcançados com os novos tratamentos de forma humanizada, ainda existem hospitais psiquiátricos e manicômios judiciais para atender os casos mais extremos. Mas para que este tratamento traga resultados é preciso tratar as relações familiares deste paciente:

Marina Saraiva
mariasaraivaluta2

A coordenadora do Centro de Referência em Saúde Mental (CERSAM) e do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) Viviane Cristina de Carvalho destaca que a programação para a Semana da Luta Antimanicomial foi elaborada cuidadosamente visando alcançar os pacientes, os servidores do setor de saúde mental e a sociedade paraminense:


Viviane Cristina de Carvalho
vivianecarvalholuta1

Veja abaixo a programação completa elaborada para a Semana da Luta Antimanicomial em Pará de Minas.
Segunda-Feira – 13 de maio
Ações de mobilização e sensibilização sobre a importância da Luta Antimanicomial em todas as unidades de saúde do Município, das 7 às 17 horas.

Terça-Feira – 14 de maio
Ações de autocuidado com os trabalhadores da saúde mental, das 8 às 12 horas, no Clube AABB. A programação do “Cuidando de quem cuida” prevê massagem, yoga, show ao vivo e palestra.

Quarta-Feira – 15 de maio
Realização do 2º Torneio Centro-Oeste de Futsal Craques da Vida, com a participação de profissionais e pacientes da saúde mental dos municípios de Pará de Minas, Itaúna, Lagoa da Prata, Pitangui, Oliveira, Ribeirão das Neves, Santo Antônio do Monte e Pompéu; A competição será disputada, das 8 às 17 horas, no Centro Esportivo Professor Daniel de Oliveira Barbosa, localizado em terreno anexos à Escola Estadual Fernando Otávio.

Quinta-Feira – 16 de maio
Participação na Passeata Todos Contra a Pedofilia, que terá início as 8h30, com concentração e saída na Praça Torquato de Almeida.

Sexta-Feira – 17 de maio
Participação na Passeata em Comemoração à Luta Antimanicomial, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte.

Sábado – 18 de maio
Participação na Ação Comunitária do CRAS do bairro Prefeito Walter Martins Ferreira, das 8 às 12 horas, na Praça Castelo Branco, bairro Santos Dumont.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!