Exposição moderada ao sol aumenta a vitamina D e a imunidade em tempos de COVID-19, diz farmacêutico

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Muitos brasileiros estão ouvindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e de especialistas e estão em isolamento domiciliar. Esta é, segundo quem entende do assunto, uma das formas de conter o avanço do vírus que matou milhares de pessoas no mundo.

Se por um lado ficar dentro de casa tem seus benefícios, não tomar aquele solzinho da manhã tem suas desvantagens. É que a exposição moderada ao sol é importante. A vitamina D, sintetizada pelo sol, traz vários benefícios e entre eles a melhora da imunidade.

Grande parte da vitamina D no corpo humano é produzida pela pele, e mais de 90% através da exposição solar. Daí a importância de tomar aquele solzinho da manhã ou depois das 16 horas.

Ao Portal GRNEWS, o farmacêutico Rafael Grassi Franco Melgaço destaca o quanto a vitamina D é importante para a imunidade e faz um alerta à população:

Rafael Grassi
rafaelgrasvitd1


Entre 10 e 15 minutos de sol por dia já é o suficiente, como explica o farmacêutico. Esclarece ainda que para as crianças é ainda mais importante pois ajuda na formação óssea. Rafael Grassi ainda alerta para os perigos de tomar comprimidos de vitamina D sem acompanhamento profissional:

Rafael Grassi
rafaelgrasvitd2

Problemas crônicos, medicamentos, idade avançada, inflamações, diabetes, cirurgia bariátrica e até menopausa ajudam na diminuição da vitamina D no organismo. Por isso é interessante a exposição moderada ao sol. Como o farmacêutico explicou, 10 a 15 minutos por dia já bastam e faz bem à saúde, principalmente para aumentar a imunidade.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!