Policlínica terá espaço LGBTQIA+ e pacientes pagarão passagem única de ida e volta para tratar no AME, UPA e HMPL

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As informações foram repassadas pelo secretário Municipal de Saúde Wagner Magesty. Muitas pessoas que necessitam de atendimento e tratamento especializado em Pará de Minas não precisaram mais viajar por horas até outras cidades. Como o Portal GRNEWS publicou, na segunda-feira, 10 de agosto, foi inaugurado o Ambulatório Médico de Especialidades (AME). Os médicos especialistas passam a atender no local e não mais na Policlínica Nossa Senhora da Piedade e Centro de Atenção a Saúde da Mulher e da Criança (CASMUC).

Além disso, nas salas dos três andares do prédio serão ofertados exames e serviços como mamografia, ultrassonografia, pequenas cirurgias, pré-natal, fisioterapia, cardiologia pediátrica, o Programa Respirar Feliz, o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) e o serviço de assistência em saúde.

Mas desde a inauguração do novo espaço, que fica no bairro Senador Valadares, próximo à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, muitos paraminenses tem questionado a distância e como farão para chegar até o local.

O Portal GRNEWS recebeu várias manifestações de pessoas que querem saber como tudo funcionará, já que acreditam que na região central estes atendimentos são mais fáceis.

O secretário Municipal de Saúde Wagner Magesty explica que durante toda esta semana os departamentos serão transferidos para o AME e a partir da próxima segunda-feira, 17 de agosto, todos os serviços serão oferecidos no novo espaço. Na Policlínica Nossa Senhora da Piedade será montado um espaço de saúde voltado à população LGBTQIA+:


Wagner Magesty
wagmagmudame1

Quanto à distância, ele destaca que será formatado com a Turi, responsável pelo transporte coletivo urbano, que os pacientes poderão pagar apenas uma passagem para ir e vir:

Wagner Magesty
wagmagmudame2

Em breve uma reunião deverá acontecer com representantes da Prefeitura e da Turi para definir se será realmente possível esta integração no transporte municipal.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!