Desabamento de fossas sépticas e cisternas podem causar tragédias e bombeiros alertam sobre os riscos

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Devido à falta de infraestrutura em saneamento básico em algumas áreas, principalmente da zona rural, os donos de imóveis são obrigados a construir um sistema de lançamento de esgoto.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

A mais utilizada nesse processo é a fossa séptica. Trata-se de um sistema de tratamento de esgoto sanitário que atua química e fisicamente nos dejetos. Ele atua purificando a água vinda dos vasos sanitários para ser devolvida ao meio ambiente, reduzindo o impacto ambiental.

Os dejetos são depositados em um tanque com aproximadamente 30 metros de distância da residência, constituído por alvenaria, concreto ou outro material capaz de manter os aspectos básicos de longevidade e resistência.

Por contar com vários microrganismos infecciosos, medidas de segurança devem ser tomadas antes da construção ou instalação da fossa séptica. Ela não deve ser instalada próxima a poços artesianos visando evitar a contaminação.

Quando a fossa possui instalação subterrânea, as tampas não devem ser muito grandes, para minimizar riscos de desabamento. Esses e outros detalhes precisam ser observados para evitar acidentes e até mesmo tragédias.

Um caso recente foi registrado no município. Na noite do dia 20 de maio, uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros se deslocou até a Fazenda Vargem Grande, localizada na comunidade de Limas de Pará de Minas.

Divulgação/Bombeiros/MG

Na ocasião, uma senhora de 28 anos, sofreu um acidente grave ao cair em uma fossa séptica com aproximadamente 22 metros de profundidade. Ao que tudo indica a terra em volta do buraco cedeu com o tempo em torno da tampa, como recorda o tenente Davi Braga Linke, comandante do 1º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Pará de Minas:


Tenente Davi Braga Linke
cisternastenentedavibragalinke1

O oficial ressalta que os proprietários de imóveis devem ficar atentos a qualquer risco de desabamento de cisternas e fossas em propriedades. A área deve ser devidamente sinalizada e todas as pessoas alertadas a respeito do risco:

Tenente Davi Braga Linke
cisternastenentedavibragalinke2

Os mesmos cuidados precisam ser tomados em relação às cisternas. As crianças devem ser monitoradas pelos pais para evitar que acidentes aconteçam. Qualquer emergência deve ser comunicada ao Corpo de Bombeiros através do telefone 193.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!