Violência doméstica e familiar passa a ser registrada na Delegacia Virtual para coibir crimes contra pessoas vulneráveis

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Entrou em funcionamento nesta semana mais um canal para ajudar às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, com objetivo de proteger as pessoas mais vulneráveis. A Delegacia Virtual do Estado de Minas Gerais acrescentou no dia 9 de julho a opção para estas mulheres denunciarem o agressor. Além das mulheres, poderão fazer este tipo de registro idosos, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência.

Há três opções no site, como ameaça, vias de fato ou lesão corporal e descumprimento de medida protetiva. Após o cadastro é possível ainda acompanhar o registro da ocorrência, sabendo detalhes do que aconteceu ou acontecerá com o agressor.

O registro on-line ficará disponível enquanto durar a pandemia do novo coronavírus e assim que a ocorrência é recebida, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) entra em contato com a vítima por telefone ou e-mail.

Falando ao Portal GRNEWS o delegado regional Carlos Henrique Gomes Bueno destaca que esta é uma forma mais rápida da pessoa agredida fazer a denúncia já que durante a pandemia muitos estão isolados em casa, o que aumentou o número de agressões:

Carlos Henrique Gomes Bueno
carloshgbvitdelega1


Para realizar a ocorrência a vítima ou representante legal pode acessar a Delegacia Virtual acessando AQUI. Em seguida é preciso selecionar uma das opções e preencher o que se pede como, informações do solicitante, nome do autor, testemunhas, local e data dos fatos, além de um breve histórico da ocorrência. Há ainda possibilidade de requerer a medida protetiva de urgência.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!