Biomédica ensina como usar máscaras corretamente e quais são mais eficientes contra o novo coronavírus

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

As máscaras se tornaram uma das principais medidas de proteção no processo de enfrentamento ao novo coronavírus. Aliada à higienização das mãos e o distanciamento social, elas são indispensáveis atualmente para evitar a propagação da Covid-19.

Para tirar todas as dúvidas e orientar a população, o Portal GRNEWS ouviu a biomédica, mestre em Patologia, Rafaela de Oliveira Silva. Ela é professora universitária e coordenadora do curso de Biomedicina do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix e responsável pelo projeto de extensão Saúde Coletiva. É ainda delegada do Conselho de Biomedicina da 3ª Região. Atua ainda em Interpretações de exames, Biossegurança, Saúde Estética Avançada e Ozonioterapia.

A primeira recomendação da profissional é estar atento às mascaras de tecido. Elas são as mais utilizadas devido o custo benefício, já que podem ser lavadas e usadas novamente. Mas pra isso é preciso observar quantidade de camadas da máscara:

Foto: arquivo pessoal

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas1

Hoje, mais de um ano depois do início da pandemia, surgiram vários modelos de máscaras, que se tornaram até mesmo um acessório. Mas para se proteger, é preciso ficar de olho também no tipo de tecido utilizado na confecção:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas2

Após escolher a máscara, hora de usá-la e pra isso, não vale deixar o acessório de qualquer jeito ou colocar a mão a todo instante:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas3

Uma novidade que surgiu durante a pandemia são as máscaras com tecnologia antibacteriana e antifúngica. Elas podem até ajudar na prevenção, como destaca a biomédica:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas4

Há ainda as máscaras cirúrgicas, muito utilizadas nas unidades de saúde devido à proteção. Estas, devem ser trocadas em no máximo quatro horas e também se estiver úmida. Não podem ser reutilizadas pois perdem toda a funcionalidade:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas5

Rafaela de Oliveira Silva também destaca algumas formas utilizadas pelas pessoas para se sentirem mais à vontade com a máscara, mas que não ajudam em nada na proteção:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas6

Outra proteção citada por ela são as face shield, desde que usadas com a máscara:

Rafaela de Oliveira Silva
rafaelaosusomas7

No caso das máscaras de tecido, o recomendado é tirá-las e colocar em um balde com água e água sanitária, deixando por 30 minutos. A proporção é de uma colher de sobremesa de água sanitária para cada meio litro de água potável. Em seguida lave a máscara sem misturar com outras roupas, usando o sabão de sua preferência. Enxague bem, coloque no sol para secar e passe com ferro quente.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!