Consórcio elabora projeto de aterro sanitário para atender 35 municípios do Centro-Oeste de MG

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp


Nesta sexta-feira, dia 10 de março, será realizada uma reunião em Pitangui com representantes dos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário do Centro-Oeste Mineiro (CIAS Centro-Oeste).

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

Em pauta o projeto de construção de dois aterros sanitários regionais para atender a demanda de toda a região. Um dos empreendimentos será entre Nova Serrana e Conceição do Pará e outro entre Quartel Geral e Abaeté.

O consórcio envolve 35 municípios, divididos em duas áreas. O objetivo da proposta é proporcionar às prefeituras toda a infraestrutura para descarte do lixo em um grande aterro sanitário.

Dessa forma será possível reduzir os custos e atender as exigências das leis ambientais. Todas as cidades estão obrigadas a construir os aterros sanitários e mantê-los, o que é muito oneroso para o poder público.

Marcílio Valadares, prefeito de Pitangui e presidente do CIAS Centro-Oeste, explica que será coletado o lixo de todas as cidades participantes do projeto. O projeto executivo está sendo elaborado pelo governo de Minas Gerais:


Marcílio Valadares
ciascentrooestemarciliovaladares1

A logística que será montada trará muitos benefícios para os municípios da região Centro-Oeste de Minas Gerais. A expectativa é de que as duas áreas atendam a demanda por um período de 50 anos:

Marcílio Valadares
ciascentrooestemarciliovaladares2

Além do projeto minucioso, os aterros sanitários deverão ser submetidos à aprovação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Precisarão passar pelo processo de licenciamento ambiental e liberação das atividades.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
[wp_bannerize_pro id="valenoticias"]
Don`t copy text!