Laudo ainda não saiu, mas morte de peixes diminuiu em lagoa do bairro Patafufo

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

lagoa_patafufo240616
No mês de junho os moradores do bairro Patafufo, em Pará de Minas, denunciaram uma grande mortandade de peixes em uma lagoa existente na localidade. O cenário era assustador e preocupava a vizinhança.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

O lago foi construído em 2015 pela Associação de Amigos do Meio Ambiente (Ama Pangéia). Uma equipe da Polícia Militar de Meio Ambiente esteve no local e fez o quarto registro de ocorrência.

O documento foi encaminhado a Promotoria de Meio Ambiente da Comarca de Pará de Minas. A Secretaria Municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, também enviou técnicos ao local.

peixes_mortos
Foram coletadas amostras da água para análise em laboratório e o resultado ainda não saiu. O presidente do Codema e gerente da Ama Pangéia, José Hermano de Oliveira Franco, também visitou o local.

Ele afirmou que não encontrou visualmente nada que justificasse a morte dos peixes na lagoa. Porém, as investigações em relação ao impacto ambiental continuam sendo realizadas até que se chegue a uma conclusão.

A reportagem do Portal GRNEWS voltou ao local e conversou com o operador de máquinas Otávio Júnior Diniz, morador do bairro Patafufo. Ele disse que a mortandade de peixes diminuiu, mas a água continua recebendo um material parecido com um óleo:

Otávio Júnior Diniz
lgpfotaviojuniordiniz

Nos próximos dias o laudo da análise da água da lagoa do bairro Patafufo deverá ser encaminhado pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), à Secretaria Municipal de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

Don`t copy text!