Confirmadas 5 mortes causadas por Dengue e uma pelo vírus da Gripe em Pará de Minas

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

dengue_zika_soro
Em 2016 o número de casos de Dengue na maioria dos estados brasileiros registrou crescimento preocupante. Em todo o país o Ministério da Saúde confirmou aproximadamente 800 mil casos da doença até o mês de junho.

Curta a página do Portal GRNEWS no Facebook Siga o Portal GRNEWS no twitter

No Estado de Minas Gerais os números também são assustadores no apanhado feito nos 853 municípios mineiros. Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde confira até o dia 27 de junho 518.656 casos de Dengue. No mesmo período de janeiro a junho de 2015 foram registrados em todo o estado 196.136 casos da doença.

Em janeiro de 2016 foram 63.833; fevereiro 143.943; março 159.567; 116.943; maio 31.877 e em junho, em razão da queda na temperatura o número de casos caiu para 2.493.

O mesmo boletim confirma que em 2016 foram confirmadas 163 mortes causadas por Dengue em Minas Gerais e mais da metade das vítimas (50,3%) tinha idade superior a 65 anos.

O município com maior número de óbitos causados por Dengue é Belo Horizonte que teve 39 casos, seguido por Juiz de Fora com 35, Uberaba 8, Itaúna 6, Contagem, Divinópolis e Pará de Minas registraram 5 mortes causadas pela Dengue em 2016, conforme o Boletim Epidemiológico datado de 27 de junho de 2016. Os dados das vítimas fatais registradas em Pará de Minas ainda não foram revelados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Apesar da chegada do inverno, época em que os casos de Dengue diminuem, é preciso que a população mantenha a vigilância para combater o Aedes aegypti, evitando água parada que serve de habitat e de abrigo aos ovos do mosquito, que poderão eclodir quando o clima ficar esquentar novamente. Todo cuidado é pouco para evitar novos casos de Dengue.

Outra preocupação entre os mineiros se refere ao crescente número de casos de vítimas da Gripe ou Influenza A – H1N1 ou ainda Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), conforme consta no Informe Epidemiológico da Gripe divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais em 30 de junho de 2016.

vacina_g
Até a divulgação do informe foram notificados 3.722 casos SRAG, sendo 1.592 (48,7%) com amostra coletada e processada. Em 2016 Minas Gerais registrou 332 mortes causadas por SRAG por Influenza e 68 mortes causadas pela Gripe em municípios mineiros.

A cidade de Campo Belo registrou 7 mortes causadas pela Gripe. Belo Horizonte, Contagem e Formiga, 4 óbitos cada, Juiz de Fora 3, Frutal, Uberlândia, Lavras e Guaxupé 2 casos. Outros 37 municípios, entre eles Pará de Minas, registraram uma morte cada, causada pela Gripe. Um caso se refere a uma vítima de outro estado.
Em Pará de Minas, o vírus Influenza A – H1N1 – causou a morte de um paciente. Ele morreu quando realizava tratamento de saúde contínuo em Belo Horizonte, conforme informação obtida junto a Secretaria Municipal de Saúde. Os dados da vítima ainda não foram revelados.

Para se prevenir contra o vírus da Gripe, os especialistas em saúde recomendam:

Lave bem as mãos com água e sabão;

Beba bastante água. Manter as vias respiratórias bem hidratadas dificulta a entrada de vírus e bactérias;

Evite locais com muitas pessoas e com pouca circulação de ar;

Mantenha a janela do ônibus sempre aberta, mesmo em dias mais frios;

Sempre jogue os lenços de papel no lixo;

Nunca use as mãos para tossir ou espirrar;

Ao tossir ou espirrar, use a parte interna do braço, na área superior das mangas da roupa;

Evite compartilhar alimentos, copos, talheres, toalhas e outros objetos de uso pessoal;

Crianças menores de seis meses, que ainda não receberam todas as vacinas, não devem ser expostas a locais com aglomerações de pessoas, como shoppings e ônibus;

Não tome medicamentos sem orientação médica;

Diante de qualquer sintoma de gripe, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!