Teatro Municipal celebra os 150 anos de nascimento do artista de Benjamim de Oliveira

GRNEWS nas Redes Sociais Facebook Twitter YouTubeWhatsApp WhatsApp

Benjamim Chaves. Um negro nascido em 1871 em Pará de Minas. Assim pouca gente conhece a importância deste homem para o país quando se trata de arte e cultura. Anos depois mudou o nome para Benjamim de Oliveira e aí sim ficou conhecido como primeiro palhaço negro do Brasil.

Foi ator, compositor, escritor, cantor e dançarino, mas por muito tempo pouco se falou deste paraminense conhecido até mesmo fora do Brasil. Em Pará de Minas vários trabalhos foram realizados para mostrar a todos a importância de Benjamim para a arte brasileira e neste ano a Marquês de Sapucaí percebeu a grandiosidade do paraminense. A escola de samba Salgueiro do Rio de Janeiro homenageou o artista e seu samba enredo falou do negro, da escravidão, do picadeiro e da nobreza. Não levou o título de campeã mas conseguiu levar o nome de Benjamim para todos os cantos do mundo.

Em junho de 2020 completam 150 anos do nascimento de Benjamim de Oliveira e mais uma vez Pará de Minas irá homenageá-lo.

O Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida preparou um vídeo especial que conta a trajetória do artista e a importância dele para a arte e a cultura do Brasil, como explica o gerente do Teatro, Guilherme Diniz:

Guilherme Diniz
guidinizvideobenja1

Divulgação/ASCOM Prefeitura de Pará de Minas-MG

Além de gerente do Teatro, Guilherme Diniz é também ator e vê em Benjamim um artista completo, referência para todas as gerações:

Guilherme Diniz
guidinizvideobenja2

Quem quiser conferir o vídeo pode acessar o Instagram do Teatro Municipal Geraldina Campos de Almeida.

Portal GRNEWS © Todos os direitos reservados.

PUBLICIDADE
Don`t copy text!